Últimas

Vazamento de fotos íntimas de Stênio Garcia com a mulher pode ser enquadrado na Lei Carolina Dieckmann

O vazamento das fotos íntimas do ator Stênio Garcia, de 83 anos, com a mulher, Marilene Saade, de 47, na noite desta terça-feira, pode ser um crime enquadrado na Lei Carolina Diecmannm, segundo informou o advogado do casal, Ricardo Brajterman. Caso seja comprovado que houve uma invasão ao celular de Marilene, de onde as fotos foram feitas, o autor da ação será condenado a cumprir prisão de três meses a um ano e a pagar multa às vítimas.

“Prece que esse crime se encaixa, sim, na Lei Carolina Dieckmann. Eu digo que parece, porque a gente tem que saber também se tem só esse crime ou se tem outros, como furto, por exemplo”, explica Brajterman.

Em conversa com o EXTRA, na tarde desta quarta-feira, o advogado de Stênio e Marilene contou que a mulher do ator já tem algumas suspeitas sobre quem poderia ter vazado as imagens em que eles aparecem nus, feitas num momento de intimidade do casal.

“Pela manhã, o casal tomou conhecimento de que imagens registradas num momento de intimidade, de privacidade, havia sido subtraída do celular da Marilene de forma indevida. Imediatamente, nós recorremos à delegacia especializada em crimes eletrônicos e já fazendo a notícia de crime, destacamos os eventuais suspeitos que a gente tem, para que seja conduzida uma investigação mais detalhada. Os suspeitos foram definidos levando-se em conta os momentos em que o celular não estava aos olhos do casal, como na assistência técnica, por exemplo”, conta Brajterman.

Segundo o advogado, todos serão ouvidos pela polícia e, tão logo seja encontrado o autor do crime, o caso terá um desdobramento na esfera criminal, onde o Estado vai punir segundo as regras do código penal, e um desdobramento na área civil.

“Além do cumprimento do código penal, vamos pedir uma reparação por danos morais, pela humilhação, insegurança e vergonha de ter tido uma imagem íntima divulgada indevidamente”, disse ele.

As imagens de Stênio e Marilene circularam nas redes sociais na madrugada desta quarta-feira e mostram o casal no quarto fazendo selfies. Procurado pelo EXTRA, Stênio confirmou a veracidade das imagens mas não quis falar muito sobre o assunto.

“Não vamos falar sobre isso. A foto é verdadeira, foi uma brincadeira nossa, feita pelo celular da Marilene, mas não sei como vazou”, limitou-se a dizer o ator.

A mulher de Stênio ficou bastante assustada com a repercussão das imagens. Eles estão casados há seis anos.

A Lei Carolina Dieckamnn foi aprovada no Congresso no fim de 2012, depois que a atriz teve sua caixa de e-mails invadida por hackers, que divulgaram fotos dela nua na rede. Os envolvidos no caso foram identificados mas, por falta de uma legislação específica, foram indiciados apenas por difamação, extorsão e furto.

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *