Alemanha diz que muitos afegãos serão mandados de volta para casa

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maiziere, disse que muitos dos afegãos que chegam ao país devem ser mandados de volta para casa. Segundo ele, a Alemanha e outras nações ocidentais investiram milhões em ajuda ao desenvolvimento no Afeganistão, bem como enviaram soldados e policiais para treinar as forças locais, e que o governo afegão concorda com Berlim que os cidadãos devem ficar e ajudar a reconstruir o país.

De Maiziere disse que “as pessoas que vêm do Afeganistão não podem esperar que poderão ficar”. A Alemanha implementou um plano para acelerar o processo de asilo para aqueles que fogem de guerras civis, como os sírios, para acomodá-los mais rapidamente.

O país está, porém, simultaneamente acelerando as decisões sobre aqueles que têm argumentos mais fracos para pedir asilo. O ministro alemão disse que os afegãos serão considerados caso a caso. O ministro do Interior alemão comentou ainda o fato de que a Áustria construiu uma cerca, para controlar o fluxo de pessoas que chegam ao país. Segundo ele, autoridades austríacas precisam cooperar mais com as alemãs nesse assunto. 

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *