Apple bloqueia versões desatualizadas do Flash no Safari em Macs

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Após a descoberta de mais uma vulnerabilidade crítica do Adobe Flash na semana passada, a Apple ativou a capacidade de bloquear o serviço através do seu plug-in Web para OS X Safari, afim de proteger os usuários de Mac daquilo que a Adobe descreve como “limitados ataques direcionados”.

O Adobe Flash Player é um dos plugins que acompanham os usuários desde os primórdios da internet tal qual a conhecemos, e foi lançado em 1996. Embora a tecnologia já seja considerada ultrapassada, muitos sites e serviços web ainda a utilizam, como o Spotify em sua versão para navegador. Porém, é com muita frequência que pesquisadores de segurança encontram vulnerabilidades, e apesar da velocidade com que a Adobe lança suas atualizações de segurança nesses casos, novas brechas são descobertas logo em seguida. Por isso o Flash está longe de ser um plugin recomendável.

A Apple postou um documento de suporte em seu website nesta segunda-feira dizendo que as versões mais antigas do Flash anteriores à 19.0.0.226, ou 18.0.0.255 em máquinas antigas, estão agora impedidos de serem executados no OS X. A medida de precaução visa proteger os usuários que desconhecem a situação.

A Adobe na semana passada confirmou a vulnerabilidade e disse que usuários mal-intencionados estavam realizando ataques do que “poderiam causar uma falha e permitir que um invasor assuma o controle do sistema afetado.” Uma correção para o problema foi lançada ainda na sexta-feira.

Como observado pela Apple, os usuários de Mac que executam o software Flash em sua versão insegura verão a mensagem “plug-in Bloqueado”, “Alerta de segurança Flash”, ou “flash desatualizado”. Clicando no link incluso no alerta, os usuários serão levados à página do instalador do Adobe Flash, onde a versão mais recente do plug-in pode ser baixada e instalada.

A Apple costuma ser pró-ativa em proteger usuários desavisados a respeito das vulnerabilidades do Flash. A empresa também ativou seu plug-in bloqueador em outro caso de falha para proteger as máquinas contra uma brecha que permitia que os atacantes pudessem coletar dados do navegador, e mais recentemente fez o mesmo em abril.

E quanto aos leitores, ainda mantêm o Flash instalado em sua máquina?

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *