Últimas

Cinco estabelecimentos são assaltados em menos de 24h em AL

Casos aconteceram em Maceió, Messias, Craíbas e Porto Real do Colégio. Dupla foi presa e uma vítima de assalto foi levada com criminosos

 

A Polícia Militar registrou cinco assaltos a estabelecimentos comerciais em menos de 24 horas, na quinta-feira (29), em Alagoas. Os casos aconteceram em bairros de Maceió, em Messias, Porto Real do Colégio e em Craíbas. Duas pessoas foram presas e uma vítima de assalto foi levada com criminosos.

O primeiro caso aconteceu no bairro de Mangabeiras ainda pela manhã, por volta de 10h30. Segundo o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), dois homens armados invadiram o escritório de uma construtora e roubaram cinco celulares, quatro notebooks, duas mochilas e uma trena elétrica. Ninguém foi preso.

No bairro do Pinheiro, por volta de 15h, vítimas informaram à polícia que dois assaltantes roubaram os clientes, funcionários e o caixa de um mercadinho. Durante a fuga, a dupla roubou um veículo Furgão, de cor branca, que pertence a uma empresa de cigarro.

O motorista do veículo foi levado com os criminosos. A polícia não sabe informar se a vítima foi liberada e encontrada pela família. A polícia não tem informações sobre os criminosos.

Em Craíbas, por volta de 18h30, uma fábrica de queijo foi assaltada em um local conhecido como Sitio Riacho Das Onças. Segundo a polícia, dois homens chegaram em uma moto, renderam o proprietário e roubaram quatro aparelhos celulares e R$ 500,00.

No município de Messias, um bar foi roubado por volta de 20h. Uma dupla armada invadiu o local e roubou dinheiro e três celulares. Segundo o Ciods, nenhum suspeito do crime foi encontrado.

Já no mesmo horário, em Porto Real do Colégio, no povoado Canaíbas, quatro homens armados invadiram um mercadinho e roubaram uma quantia em dinheiro do local.

De acordo com agentes plantonistas da Delegacia Regional de Penedo, após o crime, a polícia realizou rondas na região e prendeu dois suspeitos. Com eles, foi apreendida uma arma de fogo calibre 12. Os outros suspeitos conseguiram fugir.

 

G1

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *