Danilo Bueno admite tristeza pelo jejum de gols no CRB: “Não tem jeito”

Meia chegou ao Galo na metade do mês de junho e ainda não balançou as redes adversárias. No entanto, ele garante que se cobra muito e destaca trabalho do clube

 

O meio-campista Danilo Bueno chegou ao CRB em meados de junho, para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, depois de atuar no futebol dos Emirados Árabes. De lá para cá, 24 rodadas se passaram e o atleta ainda não balançou as redes. Durante todo esse período, Bueno se lesionou, ficou no banco de reservas, recuperou a condição de titular, mas ainda não comemorou um golzinho sequer. Perguntado sobre o jejum, ele não escondeu a tristeza.

– A gente sempre procura fazer gol. Quem joga do meio pra frente, quando não faz [gol], fica triste. A gente se cobra muito e quando acontece isso fica chateado, não tem jeito – admitiu.

No entanto, o atual camisa 10 regatiano assegurou que a cobrança individual tem sido constante, mesmo na reta final da competição nacional.

– De um modo geral, se cobra sempre do atleta. Tanto no começo como no fim a cobrança tem que ser a mesma, que é em busca de vitória. Quando se vence está tudo bem, quando não, começam as dificuldades. Não vencemos nos últimos dois jogos, e daí começa a cobrança. Não tem jeito, isso é normal – opinou.

Ele também destacou o apoio que o grupo tem recebido da diretoria alvirrubra e salientou que os jogadores precisam honrar a camisa.

– A gente é funcionário do clube e, independentemente de estarmos brigando pelo G-4, profissional bem remunerado, recebendo em dia, que é uma coisa difícil no Brasil,  tem que jogar por esse clube, por essa torcida e pela diretoria – afirmou.

Sobre o próximo desafio do Galo, diante do Paysandu, longe do Estádio Rei Pelé, Danilo Bueno falou que o time do técnico Mazola Júnior não pode repetir os erros cometidos contra o Luverdense, quando saiu de campo derrotado por 2 a 0.

– Acho que o nosso time está jogando bem fora de casa. Infelizmente, falhamos contra o Luverdense, quando estávamos na expectativa de não falhar. Agora o nosso time está jogando bem, vindo numa crescente muito grande e tem que continuar. A bola não entrou nos últimos jogos, mas tenho certeza que ela agora vai entrar – finalizou.

O CRB encara o Paysandu no próximo sábado, às 16h30 (de Alagoas), no Estádio Mangueirão, pela 33ª rodada da Série B. Com 44 pontos, o Galo ocupa a 11ª colocação da tabela. O Papão da Curuzu é o sétimo, com 49.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *