FAF sugere fórmula do estadual com dois grupos e hexagonal na 2ª fase

Em evento realizado no auditório do Estádio Rei Pelé, federação, clubes e imprensa discutiram temas relevantes para o futebol alagoano, dentre eles o calendário 2016

 

Em evento que durou cerca de cinco horas, a federação realizou nesta terça o “Fórum Alagoano 2016 Futebol em Jogo”. Estiveram presentes no auditório do Estádio Rei Pelé representantes da federação, dirigentes de clubes e membros da imprensa. Na oportunidade, foram discutidos diversos assuntos, como Profut, arbitragem, marketing esportivo e o calendário da próxima temporada, além da fórmula de disputa do Campeonato Alagoano de 2016. A FAF até sugeriu uma fórmula para a competição.

Pela proposta da federação, o estadual começa no dia 17 de janeiro e vai até 8 de maio, com 10 clubes distribuídos em dois grupos. Os times de um grupo enfrentariam os do outro, em jogos de ida e volta.

Pela sugestão, passará para a segunda fase os três primeiros colocados de cada grupo, formando um hexagonal, e disputando a vaga para as semifinais somente em jogos de ida. Nas semifinais, as equipes se enfrentariam através de cruzamento olímpico, ou seja, o primeiro pegaria o quarto e o segundo jogaria contra o terceiro, com confrontos de ida e volta. Decidiriam o título de campeão estadual em 2016 os dois vencedores desses confrontos.

Campeão e vice terão asseguradas vagas nas Copa do Nordeste e do Brasil de 2017. A terceira vaga para a Copa do Brasil de 2017, de acordo com a proposta da FAF, será disputada entre terceiro e quarto colocados. As duas piores equipes de cada grupo da primeira fase disputam um quadrangular de permanência, também com jogos de ida e volta, sendo rebaixados para a Segunda Divisão os dois clubes de pior campanha.

CRB

Ednilton Lins, vice-presidente do CRB (Foto: Denison Roma / GloboEsporte.com)
Ednilton Lins representou o CRB no fórum (Foto: Denison Roma / GloboEsporte.com)

Após sugestão apresentada pelo vice-presidente de futebol do CRB, Ednilton Lins, a maioria dos  clubes presentes concordou com diminuição no número de datas do campeonato [passando de 19 para 18 datas], com o campeonato começando no dia 24 de janeiro. Lins apontou a participação do CRB na Copa do Nordeste como sendo um fator complicador para um Alagoano mais longo. Outras ideias surgiram com relação à fórmula de disputa, como por exemplo, a classificação de apenas quatro equipes para a segunda fase, formando um quadrangular, e não  um hexagonal.

Na parte final do evento, foi definida a data do Conselho Arbitral do Campeonato Alagoano de 2016. Assim, a reunião que vai definitivamente traçar as regras e apresentar a fórmula do estadual será realizada no dia 17 de novembro. Estiveram presentes ao fórum representantes de ASA, CEO, Coruripe, CRB, CSA, Ipanema, Murici, Sete de Setembro, Penedense e Dínamo. Dos clubes credenciados a participar da elite no próximo ano, não compareceram ao evento CSE e Santa Rita.

No final do evento, Felipe Feijó destacou a importância dos debates sobre o avanço do futebol alagoano e aproveitou para destacar a relação entre FAF, clubes e imprensa.

– Uma oportunidade para que a gente crie esse tipo de debate. São em oportunidades como essa que a gente viabiliza isso aí. É um estreitamento na relação federação, clubes e imprensa; a gente tem que criar uma unidade para chegar naquilo que traça como metas. É preciso todo mundo estar em conjunto para conseguir alcançar os objetivos – concluiu o presidente da Federação Alagoana de Futebol.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *