Últimas

Falcão evita dar desculpas para derrota e reconhece: "São Paulo foi melhor"

Ricardo Fernandes/DP/DA Press

Falcão admitiu que o Sport fez uma má partida, mas negou que a atuação tenha se devido aos desfalques

Saiba mais

O técnico Paulo Roberto Falcão não fez arrodeios para analisar a derrota do Sport para o São Paulo por 3 a 0, neste sábado, no Morumbi. Para o comandante rubro-negro, o tricolor paulista foi melhor em campo e mereceu o resultado. Na análise do treinador, o resultado foi definido ainda no primeiro tempo, quando a sua equipe foi para o vestiário já perdendo por 2 a 0.

“Não conseguimos jogar, enquanto o São Paulo fez um grande jogo e definiu o resultado no primeiro tempo. No segundo, tentamos mexer alguma coisa, mas quando iria tirar um zagueiro para liberar os laterais tomamos o terceiro gol. O São Paulo mereceu a vitória pelo jogo que fez”, explicou Falcão. “Sabíamos das qualidades do São Paulo. Não é porque eles perderam a Copa do Brasil que viria fragilizado. Eles possuem jogadores que fazem a diferença e nós estivemos muito abaixo”, completou.

Apesar de lamentar as ausências de Durval (lesionado) e Diego Souza (suspenso), Falcão também evitou atribuir a derrota a falta desses dois jogadores. E mais uma vez, preferiu elogiar o rival. “Evidente que o Diego é um jogador importante. Dá um peso em relação ao adversário, mas a derrota não se explica por isso. Os outros que estiveram em campo também deram seu esforço e dedicação. Temos que admitir que o São Paulo foi melhor e definiu a partida ainda no primeiro tempo, quando fomos apáticos”, pontuou Falcão, que, por fim, ainda explicou a opção por Maikon Leite como substituto do DS87.

“Régis vinha de duas semanas fazendo tratamento. Ele não estava no jogo contra o Palmeiras e vinha abaixo das suas condições físicas ideais. Tanto que não tinha condições de atuar os 90 minutos. Já a opção por Maikon Leite foi pela velocidade, com o Élber pela esquerda. Mas não conseguimos essa intenção”, reconheceu.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *