Últimas

Feneban apresenta nova proposta hoje para acabar com greve dos bancários

A Federação Nacional dos Bancos – FENABAN e representações dos bancários voltam hoje a se reunir para uma rodada de negociação sobre a convenção coletiva de trabalho entre bancos e bancários. O encontro acontecerá às 16h, em São Paulo.Segundo a Contraf-CUT, a proposta será apresentada nesta terça-feira (20), às 16h, em São Paulo. Somente nesta segunda, o sindicato informa que 12.496 agências e 40 centros administrativos paralisaram suas atividades nos 26 estados e no Distrito Federal.

A Fenaban, na proposta anterior, havia oferecido 5,5% de reajuste para salários e vales. A proposta inclui abono de R$ 2.500, não incorporado ao salário. Os bancários querem reajuste salarial de 16% (incluindo reposição da inflação mais 5,7% de aumento real), entre outras reivindicações.

Aposentados
O Instituto Nacionnal de Seguro Social (INSS) anunciou ontem que decidiu prorrogar o prazo para os segurados que ainda têm de fazer a comprovação de vida e renovação de senha este mês nas agências bancárias. O instituto informou ainda que o benefício de quem não atualizou os dados não será bloqueado, mas lembrou que aposentados e pensionistas devem formalizar o procedimento assim que a paralisação terminar.

Com o fim da greve dos bancos, aposentados e pensionistas devem ir à sua agência bancária e apresentar documento com foto, como carteira de identidade, de habilitação ou de trabalho para provar que são os próprios beneficiários. Pelo procedimento comum, durante o funcionamento normal dos bancos, se o segurado não fizer a prova de vida, o INSS bloqueia automaticamente o pagamento.

O instituto alerta ainda que, ao término da paralisação dos bancários, quem não puder ir ao banco por motivos de doença, a comprovação pode ser feita por procurador cadastrado no INSS. No caso dos aposentados e pensionistas que não moram no país, o procedimento também tem como ser feito por meio de um procurador cadastrado no instituto ou com documento de prova de vida emitido pelo consulado brasileiro, para quem vive no exterior.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *