Últimas

Ferrari estreará na Bolsa de Nova York

A mítica marca italiana de automóveis esportivos Ferrari, filial da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), entrará hoje na Bolsa de Nova York, a fim de conquistar novos mercados com sua imagem de luxo e audácia.

Os dirigentes da marca de luxo assistirão ao tradicional toque da sineta que dá início às contratações na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

A primeira cotação aparecerá poucos minutos depois, marcando assim uma etapa importante de sua história.

A Ferrari segue os passos da FCA, que tem suas ações negociadas na bolsa de Wall Street há aproximadamente um ano.

As ações da Ferrari terão como símbolo “RACE”, escolhido por Sergio Marchionne, diretor-executivo do Grupo Fiat.

A RACE substitui o desejado Red (vermelho), cor emblemática da marca, que não estava disponível.

A maior incógnita por enquanto é o valor das ações da Ferrari, que serão conhecidas na terça-feira à noite após uma série de debates entre especialistas.

Marchionne empreendeu nos últimos dias uma intensa campanha nos principais centros financeiros e convidou uma dezena de privilegiados às oficinas de Maranello, no norte da Itália, onde o piloto de carros de competição Enzo Ferrari fundou em 1929 a Scuderia Ferrari e em 1947 começou a fabricar os carros.

A Ferrari ingressará na Bolsa de Nova York na quarta-feira a um preço de 52 dólares por ação, de acordo com uma fonte bancária.

A esse preço, a companhia -que pretende vender 17,2 milhões de títulos (9% do capital)- estaria avaliada em cerca de 10 bilhões de dólares, o que representaria uma vitória para Marchionne.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *