Últimas

Futuro do YouTube está na realidade virtual, garante novo chefe de engenharia da plataforma

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Matthew Mengerink, novo chefe de engenharia do YouTube desde que assumiu o cargo algumas semanas atrás, falou em uma entrevista na última terça-feira sobre o que ele pode experimentar da realidade virtual que Google tem trabalhado na sua plataforma.

Em uma mudança de cargos turbulenta, Mengerink chega ao posto do chefe de engenharia anterior do YouTube, Venkat Panchapakesan, que faleceu em maio. O executivo de engenharia John Harding havia assumido um papel de liderança, e a decisão de trazer alguém de fora foi controversa para alguns funcionários do YouTube, de acordo com um relatório do The Information.

Mas apesar desse desafio, Mengerink parece animado com as novidades que o YouTube está desenvolvendo. Essa tecnologia de realidade virtual ainda não é de conhecimento público, e o engenheiro não entrou em detalhes senão através de alguns exemplos e metáforas. Porém, sua fala é bastante enfática e deve trazer algum entusiasmo para os usuários que se interessam pelo assunto.

Eu vi coisas que simplesmente derreteram meu cérebro.

Após essa frase impactante, que talvez possa soar como exagero para os mais céticos, Mengerink deu alguns exemplos gerais do tipo de coisas que a VR que está em desenvolvimento pode fazer, como levar o usuário a andar de bicicleta através dos Alpes, enquanto está apenas em sua bicicleta de exercício. Ou deixá-lo bater em prédios ao redor da cidade fingindo ser Godzilla.

“Esse é o futuro da tecnologia do YouTube. Essas são as apostas da mesa: Como você muda a maneira como as pessoas olham para as coisas?”, disse Mengerink. É bem verdade que a plataforma que a Google adquiriu em 2006 seja conhecida pela simples exibição de vídeos produzidos com câmeras comuns de usuários de todo o mundo, produzindo vídeos de gatos, tutoriais de maquiagem, e vlogs dos mais diversos assuntos. Por isso, pode ser um pouco longe da realidade para muitos e, provavelmente, poucos esperam uma novidade como essa, mas ao que parece tudo isso está evoluindo conforme a plataforma se expande e torna-se mais ambiciosa.

Na quarta-feira, o Google lançou o YouTube Red nos EUA. Em agosto, a companhia lançou o YouTube Gaming, um centro dedicado ao conteúdo relacionado aos jogos. E agora também faz parte dos planos colocar o site de streaming de mídia no centro dos seus esforços de realidade virtual, que não é um tema novo nos prédios de Mountain View.

Mengerink, o novo chefe de engenharia da plataforma, é um veterano com experiência no mercado de comércio eletrônico, uma vez que trabalhou no eBay e PayPal. Segundo ele, essa experiência torna-o adequado para o trabalho de engenharia no YouTube, pois há semelhanças entre a manutenção de sites como eBay e YouTube. O primeiro deles tem vários níveis de vendedores, e o segundo tem tanto os uploaders casuais e criadores de conteúdos cujo objetivo é fazer dinheiro.

Precisamos ter certeza de que a monetização não interfira com a alegria de assistir a vídeos. É um equilíbrio difícil de atingir.

Quanto à realidade virtual, a Google no ano passado revelou o kit Cardboard, tecnologia VR feita de papelão, a baixo custo, que inclusive já foi adotado por algumas empresas que começaram a trabalhar com vídeos de realidade virtual, como esse site de pornografia que distribuiu kits de graça para usuários. Não é difícil imaginar que os esforços da Google para levar essa tecnologia para YouTube fazem sentido olhando por este lado.

À medida que a realidade virtual começa a chegar, como é que vamos garantir que as pessoas possam experimentá-la no YouTube em primeiro lugar? Este é o primeiro turno de um jogo de nove turnos.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *