Últimas

Grécia: bancos precisam de até 14,4 bi de euros de capital adicional

Os quatro maiores bancos da Grécia precisarão de até 14,4 bilhões de euros (US$ 15,8 bilhões) de capital adicional, revelou estudo de estresse do Banco Central Europeu (BCE), divulgado neste sábado.

Os números foram obtidos com base em um cenário comum e em momentos de estresse, no qual foram projetadas as possíveis perdas de crédito para os bancos National Bank of Greece SA, Piraeus Bank SA, Eurobank Ergasias SA and Alpha Bank AS.

As instituições precisarão de 4,4 bilhões de euros no cenário base, enquanto no adverso o déficit de capital atinge 14,4 bilhões de euros, segundo o BCE. Os quatro bancos têm até o dia 6 de novembro para apresentar ao BCE seus planos de capital para enfrentar estes cenários. Após a apresentação dos números, terá início o plano de aumento de capital, o terceiro desde que a crise grega eclodiu, em 2010.

O plano de recapitalização dos bancos foi divulgado ontem e é esperado para este sábado a votação para tornar o projeto em lei.

De acordo com o rascunho do projeto, os credores poderão usar ações ordinárias ou preferenciais, assim como outros instrumentos financeiros para serem socorridos.

O fundo de recapitalização estatal, o Fundo Helênico de Estabilidade Financeira, irá cobrir qualquer parte do déficit de capital que não será coberto por investidores privados, através de uma combinação de ações e bônus conversíveis e contingentes que os bancos irão emitir. As novas ações terão direitos total de voto.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *