Últimas

Haitianos escolhem presidente em eleição com mais de 50 candidatos

Eleitores do Haiti depararam com uma cédula com mais de 50 candidatos neste domingo ao irem às urnas para escolher o novo presidente do país. Apesar da quantidade de candidatos, o processo de votação foi em geral ordenado em todo o Haiti, embora tenham ocorrido alguns sinais de confusão. Em um centro de votação em Martissant, favela da capital Porto Príncipe, um supervisor do pleito gritou repetidamente a dezenas de pessoas que tentavam forçar seu caminho para chegar às urnas: “Não é permitido votar duas vezes!” As pessoas no local respondiam que estavam sendo impedidas de votar uma vez. Varnel Polycard, um fornecedor de carregadores de telefone, foi embora furioso. “Estou aqui para votar, e eles estão tentando me impedir”, afirmou.

Milhares de pessoas cumprimentaram o ex-presidente Jean-Bertrand Aristide na capital quando ele foi votar, entoando cânticos como “Aristide é nosso sangue”. O ex-líder havia se mantido em grande parte fora da exposição pública desde que voltou ao Haiti em 2011, após sete anos de exílio, na sequência da deposição em 2004. Ele chegou para votar com o candidato à presidência Maryse Narcisse, mas parte da multidão declarou seu apoio ao rival Moise Jean Charles, um sinal de divisões no partido Lavalas, fundado por Aristide.

Quem vencer o pleito no dia 27 de dezembro – a eleição tem três turnos – enfrentará inúmeros desafios, inclusive estimular a economia cronicamente em dificuldades do país e reduzir a dependência de doadores estrangeiros, que estão em grande parte financiando o processo eleitoral do país, que custou US$ 70 milhões.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *