Últimas

Hillary se aproxima de Obama para conquistar indicação do Partido Democrata

Hillary Clinton participa na noite deste sábado de um importante jantar em Iowa. Foto: Saul Loeb/AFP/Divulgação
Hillary Clinton participa na noite deste sábado de um importante jantar em Iowa. Foto: Saul Loeb/AFP/Divulgação

A pré-candidata Hillary Clinton participa na noite deste sábado de um importante jantar em Iowa com influentes colaboradores das campanhas democratas, enquanto tenta aproximar sua imagem ao legado do presidente Barack Obama.

O jantar anual de Jefferson-Jackson catalisou o nome de Obama oito anos antes, justamente na disputa com a então senadora pela vaga do partido na eleição presidencial de 2008.

O evento ocorre poucos dias depois do vice-presidente Joe Biden anunciar que não iria entrar na corrida presidencial e depois de uma longa sabatina em um comitê do Congresso que investiga ataques em Benghazi, na Líbia, quando ela era secretária de Estado.

Dois rivais menos conhecidos, o ex-senador pelo estado de Virginia Jim Webb e o ex-governador de Rhode Island Lincoln Chafee, abandonaram a corrida após um forte desempenho de Clinton no primeiro debate das primárias na semana passada.

Ao lado do governador de Virginia, Terry McAuliffe, que foi chefe de sua pré-campanha em 2008, Hillary elogiou o que chamou de “modelo para o país” criado por Obama e Biden nos últimos anos. “O legado deles deve deixar todos nós democratas orgulhosos, bem como todos os americanos”, afirmou na sexta-feira, em entrevista à rede de televisão NBC. “Eu quero construir a minha agenda nas bases do progresso que eles estão nos deixando.”

A reluta de Biden em se lançar como pré-candidato deixou o palco da campanha democrata para apenas dois personagens principais: além de Hillary, franca favorita, o senador por Vermont Bernie Sanders, que tem atraído multidões para seus comícios onde apresenta sua “revolução política para lidar com o abismo entre ricos e pobres”.

Clinton, Sanders e o ex-governador de Maryland Martin O’Malley devem participar do evento na noite deste sábado, que reúne mais de seis mil partidários democratas. O jantar serve tradicionalmente como um pontapé para as prévias de Iowa, que serão realizadas em 1º de fevereiro.

Foi o bom desempenho de Obama, então senador por Illinois, neste jantar que abriu caminho para ele vencer as primárias democratas em 2008.

Obama continua a ser uma figura popular dentro do partido. A associação de Hillary com sua agenda poderia ajudá-la com os partidários democratas que veem com cautela o nome da pré-candidata, envolvida no escândalo do uso de sua conta privada de e-mail para trocar correspondências confidenciais.

Por sua vez, Hillary também tem de enfrentar a popularidade crescente de Sanders, que chamou a atenção de eleitores que se abstiveram de votar nas eleições de meio de mandato no ano passado.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *