Homem é preso acusado de espancar e manter companheira em cárcere privado em Delmiro Gouveia

Polícia foi acionada, depois da vítima enviar mensagem de texto para irmã, pedindo socorro

 

Militares do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) prenderam, na tarde desta quarta-feira (28), por volta das 14h20, um homem identificado como Josenildo, conhecido como “Nildo”, acusado de espancar e manter a esposa em cárcere privado, na Rua José Moreira, no bairro Bom Sossego, em Delmiro Gouveia.

O homem foi preso, depois que a vítima enviou uma mensagem de texto para o celular de uma irmã e ela acionou o 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que enviou a guarnição do Pelopes para atender à ocorrência. Ao perceber os policiais, o homem tentou fugir, mas foi detido durante a ação.

Segundo o cabo Bezerra, a mulher de 26 anos estava com vários hematomas que podem ter sido provocados por murros e chutes. Ela foi conduzida para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada na cidade, onde formalizou uma queixa contra o companheiro, com quem convivia há cerca de oito meses.

Ele, ao chegar na cadeia, como se não bastasse as agressões, ainda ameaçou a companheira, afirmando que iria matá-la, quando saísse da prisão. O mesmo foi autuado em flagrante delito pelos crimes cometidos e ficou recluso a disposição da Justiça.

Como estava com vários hematomas, a mulher foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, onde foi medicada e depois liberada.

Uma parente da vítima relatou que Josenildo já teve outras seis companheiras e que todas elas o deixaram porque eram espancadas por ele quase todos os dias. A mesma pessoa disse também que era a jovem quem trabalhava para sustentar a casa, onde morava com um filho de outro relacionamento e o acusado.

 

Por Jota Silva

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *