Últimas

Internet via rede elétrica? TP-Link e D-Link oferecem dois produtos com HomePlug no Brasil

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Transmitir internet via rede elétrica não é nenhuma novidade. A tecnologia existe desde 2000 e vem sendo usada em peso em países de primeiro mundo. No entanto, aqui no Brasil a tendência não chegou a embalar. E isso não se aplica a conceitos amplos envolvendo backbones e servidores de operadoras, mas sim às nossas casas. Mesmo que tenhamos roteadores cada vez mais potentes e com mais antenas, ainda é difícil ter um sinal bem distribuído e com qualidade estável em todos os cômodos. Pensando nisso, TP-Link e D-Link começa a investir na tecnologia HomePlug para o mercado nacional.

A tecnologia é padronizada pela HomePlug Alliance e que promete que dispositivos domésticos, como os lançamentos trazidos pela TP-Link e D-Link, garantam uma velocidade de transmissão de até 500 Mbps e chegando a 300 Mbps quando o sinal é jogado novamente no ar. Na prática podemos esperar uma velocidade média de 150 Mbps, o que já é suficiente para várias aplicações. Mas como funciona a tecnologia HomePlug?

Imagine que um roteador esteja instalado na sala da sua casa, mas não o sinal chega com grande força em seu quarto. Basta ligar um cabo de rede a um adaptador HomePlug na sala e um outro numa tomada no dormitório. O primeiro transforma as tomadas presentes naquele circuito elétrico em pontos de rede, enquanto o segundo é responsável por espalhar o sinal de internet (via Wi-Fi ou ponto de rede RJ-45), replicando as informações de rede. Seria como um repetidor, mas ao invés de pegar o sinal Wi-Fi e tentar ampliar o alcance, aqui você tem a internet correndo pela rede elétrica e sem perda de sinal por mais distante que seja o outro ponto.

Claro, por ser uma novidade, o preço ainda é bem salgado. A TP-Link lançou um kit por R$ 300, enquanto a D-Link também traz uma solução similar por R$ 400. Ambos os modelos vêm com dois equipamentos: um que você liga no cabo de rede onde fica o ponto de internet na sua casa (como exemplo a sala) e outro no cômodo onde o sinal chega fraco (como o seu quarto). Claro, se o seu quarto fica do lado da sua sala, então é melhor investir em um repetidor que custa bem menos do que isso.

Operadoras nacionais tem interesse em implementar a tecnologia HomePlug em larga escada, mas, por enquanto, apenas soluções domésticas estão à disposição. Também temos que levar em conta que a qualidade da fiação elétrica influencia bastante, já que instalações de má qualidade podem agravar o problema de ruído na rede e gerar perda de sinal. Para conferir todos os detalhes sobre modelo AV500 da TP-link, basta acessar o site da empresa. Já o modelo da D-Link também pode ser conferido no site da fabricante.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *