Últimas

iPhone 7 em análise: bateria melhor, display em vidro safira e sem botão home

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Sim, o iPhone 6s e o iPhone 6s Plus ainda são novidades e bem recentes no mercado de telefonia móvel, mas o iPhone 7 já está no foco de certos profissionais ligados ao segmento de celulares. De acordo com Gene Munster, analista de mercado que se aventura ocasionalmente em assuntos da Apple, o iPhone 7 trará novidades notáveis quando chegar às prateleiras. Realizando um estudo aprofundado com as tecnologias existentes no presente momento e as possibilidades que envolvem a gigante de Cupertino, o especialista em previsões comerciais deu seu parecer acerca do que esperar para o futuro celular da companhia liderada por Tim Cook, citando aperfeiçoamentos admiráveis e novos jeitos de se interagir com o iGadget.

Nas palavras do analista, iPhone 7 terá uma autonomia ainda melhor do que seus antecessores. Note que, ressaltando a lista com os seis motivos do iPhone 6s ser o melhor iPhone já lançado pela Apple, a otimização elétrica criada entre o hardware moderno da Maçã e o iOS 9 está quase impecável, oferecendo um desempenho tão bom quanto os produtos da Samsung, considerados uns dos melhores em autonomia no viés atual do mundo mobile, embora os dispositivos com iOS tenham bateria com menor capacidade em miliamperes. Desta forma, saber que o próximo celular com estampa de fruta conseguiria atingir um tempo ainda maior longe das tomadas faz brilhar os olhos dos fãs da empresa estadunidense.

Em adição à autonomia impulsionada, iPhone 7 também teria sua tela protegida pelo famoso (ou infame) vidro safira, aquele mesmo que foi citado antes do lançamento do iPhone 6, em 2014. Teoricamente falando, material ofereceria melhor resistência a riscos e quedas do que o Gorilla Glass, o produto mais usado em smartphones modernos. Como a Apple possui diversas patentes de manufatura envolvendo a criação de eletrônicos com vidro de safira, a fabricação de cada exemplar tornaria-se mais barata, portanto esse, por si só, já é um motivo bem considerável para a Maçã começar a colocar em prática o elemento. Será que dessa vez vai?

Finalizando, mas não com menos importância, o profissional Gene Munster ainda cita a remoção do famoso botão home circular, presente desde 2007 nos celulares da Maçã. Atualmente, o botão home dos iPhones existe para duas coisas: atalho à tela principal do iOS e leitor de impressões digitais. Com a criação do 3D Touch, bastaria pressionar com mais força alguma área do display para ser levado à tela principal da interface, e o sensor biométrico poderia ser implementado diretamente no visor do modelo, como já vimos na tecnologia de toque da Qualcomm, por exemplo. Desta forma, a empresa dos EUA poderia ter melhor aproveitamento da parte frontal da carcaça, reduzindo vastamente as bordas.

Naturalmente, os pontos abordados acima por Gene Munster são apenas previsões feitas com base em análises aprofundadas, não havendo relação nenhuma com os reais planos da Apple. iPhone 7 deve ser anunciado formalmente em meados do segundo semestre de 2016, então ainda resta pouco mais de um ano antes de conhecermos o que a Maçã nos reserva. Até lá, considere todos os detalhes sobre o assunto como rumores, e nada mais que isso.

(atualizado em 21 de outubro de 2015, às 09:40)

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *