Últimas

Joelma e Chimbinha assinam o divórcio no Recife

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

O fim da novela envolvendo Joelma e Chimbinha está prestes a ter um ponto final. Pelo menos no tocante ao matrimônio. É que o ex-casal já definiu a data para assinar os papéis do divórcio e dar fim ao casamento de 18 anos. No dia 9 de novembro, eles vêm ao Recife para dar conta da papelada. A informação foi confirmada pela assessoria da banda Calypso – apesar do desentendimento, o grupo de tecnobrega ainda mantém as atividades programadas até o fim do ano. A escolha da capital pernambucana levou em consideração o endereço dos advogados da dupla e ao fato de a cidade ter sido “quartel-general” do grupo.Desde agosto, quando Joelma anunciou a saída da banda no Programa da Sabrina (TV Clube/Record), a vida dos dois parceiros da banda se tornou uma novela pública recheada de brigas, acusações, lamentos e envolvimento dos fãs. A loira reclamou publicamente nos shows de ter sido traída pelo guitarrista. Ela recebeu apoio do público, enquanto ele foi hostilizado por várias vezes. 

Nesta quarta-feira (28), Joelma deu o primeiro passo definitivo para a carreira solo. Com o nome artístico Joelma Calypso, a cantora paraense cumpriu participação no DVD Musa Amor de fã, em Olinda, e fez dueto com Priscila Senna. No mesmo dia, o guitarrista Chimbinha anunciou a cantora Thábata Mendes como vocalista do projeto dele após o fim da Calypso. Joelma vai cumprir a agenda de shows com a banda até dezembro. Já o músico, precisou se afastar devido a constantes ataques dos fãs.

Entenda a separação
Há pelo menos três meses o Brasil acompanha a turbulenta separação do casal Joelma e Chimbinha e o adeus da banda Calypso dos palcos. Tudo começou quando um caso extraconjugal de Chimbinha veio à tona. Um áudio do guitarrista admitindo a traíção vazou e Joelma decidiu se separar, além de anunciar que sairia do grupo que comandou por 16 anos.

A partir daí, acusações de ameaças e maus tratos pelo ex-marido surgiram na mídia. Em um dos episódios polêmicos, Joelma apontou para o parceiro de palco enquanto cantava a A lua me traiu. Em outro momento, ela se recusou a subir ao palco, e só se apresentou depois que Chimbinha deixou o local do show sob ataques dos fãs.

O caso também ganhou repercussão quando Chimbinha foi enquadrado na lei Maria da Penha, após denúncia feita por Joelma, que alegou temer sua integridade física.

O último compromisso de Joelma com a banda será na festa de réveillon de Macapá, no Amapá, no dia 31 de dezembro. Em seguida, ela segue carreira solo como Joelma Calypso.

Assista Amor de fã:

[VIDEO1]

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *