Últimas

Jovem espancado até perder consciência ao sair do Guaiamundo 17

Jovem precisou de cirurgia após quebrar maxiliar em briga ao sair do bar Guaiamundo 17, em Casa Forte. Foto: Google Street View
Jovem precisou de cirurgia após quebrar maxiliar em briga ao sair do bar Guaiamundo 17, em Casa Forte. Foto: Google Street View

Um jovem de 22 anos foi espancado por três homens ao sair da casa de show Guaiamundo 17, na Avenida 17 de agosto, em Casa Forte, bairro nobre do Recife na madrugada do sábado (24). Caio Rafael Carvalho, de 22 anos, teve o maxilar partido ao meio devido as fortes pancadas, recebeu coronhadas de revolver na cabeça e teve o braço cortado por objeto pontiagudo. De acordo com a família da vítima, ele foi encontrado inconsciente por dois amigos no estacionamento do Guaiamum 17 e só recobrou a consciência no hospital, onde precisou se submeter a uma cirurgia.

“Os dois amigos do meu filho contaram que meu filho saiu conversando com uma moça. Não sei o nome dela, disseram só que ela era do Corpo de Bombeiros. Eles trouxeram meu filho pra casa e a gente levou para o hospital. Vou prestar queixa amanhã. Ninguém faz isso do nada”, disse o pai do jovem, Verenildo Carvalho. Caio foi levado para o Hospital da Restauração e recebeu alta somente na tarde do domingo, mas, o pai afirma que ele apresentava dificuldade em falar. Os dentes dele não teriam caído apenas por causa do aparelho que usava.

Ao ligar para o Guaiamundo 17, o produtor de eventos da casa, Bruno (que não quis informar o sobrenome) negou que a briga tenha sido dentro do estabelecimento, apesar da família da vítima ter afirma que o jovem foi encontrado no estacionamento. “Não foi dentro do Guaiamum. Tinha começado uma briga lá dentro mas eles foram colocados para fora”, disse. Indagado se ele confirmava que teve um princípio de briga, Bruno mudou o termo para confusão e depois desentendimento.

Bruno também não quis responder sobre o fato dos seguranças da casa não terem apartado a briga, mesmo no caso dela ter ocorrido do lado de fora do estabelecimento, uma vez que os jovens haviam saído de lá. Sobre a coronhada o produtor afirmou que “sempre é feito revista na entrada” e há um armário para policiais e outras pessoas que tenham porte de arma deixarem as armas. Ele não soube informar se alguém havia guardo armas na noite da sexta, mas disse que é comum que isso ocorra.

Caio Rafael trabalha com festas infantis no grupo Herói Kids. Ele interpreta os personagens Homem de Ferro, Capitão América e Flash. Os amigos e colegas de trabalho expressaram revolta e indignação em relação ao que havia ocorrido pelas redes sociais durante o final de semana.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *