Lentes de contato do Google poderiam ser carregadas com energia solar

O Google registrou uma nova patente que pode significar que no futuro as lentes de contato terão mais funções além de corrigir a visão. As lentes de contato inteligentes da empresa seriam carregadas com energia solar e coletariam informações biológicas do usuário.

Em 2014, a empresa já havia anunciado que tinha um projeto de lentes de contato inteligentes e que estava testando lentes que mediam os níveis de glicose nas lágrimas usando um pequeno chip wireless e um sensor de glicose.

De acordo com a nova patente, a lente teria sensores que captariam também outras informações biológicas, como a temperatura corporal e o nível de álcool no sangue, além de captar dados sobre o ambiente que a pessoa se encontra e a presença de substâncias que podem dar alergia como grama, pólen ou pelos de animais.

As lentes de contato seriam capazes de serem carregadas com luzes fortes graças a sensores fotodetectores e células solares presentes nelas. Além disso, elas teriam a habilidade de se comunicar com smartphones e computadores.

O Google ainda sugere na patente que essas lentes podem ser capazes de ler informações em códigos de barras e ser usadas para verificar a identidade da pessoa, por meio de uma análise de retina.

Via BusinessInsider

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *