Últimas

LG e Intel podem estar envolvidas na produção de chipset para smartphones

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Há alguns meses que surgem pistas sobre o novo chipset Nuclun da LG. A empresa entrou pela primeira vez neste segmento ano passado, mas acabou não tendo muita sorte, já que o primeiro SoC sofria de problemas sérios de aquecimento. Em agosto vimos os primeiros testes serem revelados, mostrando que a segunda geração do chipset da sul-coreana supera o seu grande rival de mercado, Exynos 7420.

O teste no GeekBench mostrou uma pontuação de 1.486 pontos quando apenas um núcleo está em uso. Já quando todos estão em ação vemos que a pontuação vai além do Exynos 7420 chegando a 5.392 pontos. Isso mostra que a empresa realmente poderá trazer um produto interessante para o mercado. No entanto, o mesmo está enfrentando rivais de 2015, quando o lançamento acontecer em 2016, ele terá que superar o novo Exynos da Samsung, além do Snapdragon 820.

A notícia mais recente sobre o novo chipset da LG informou que a fabricante sul-coreana estaria fechando uma parceria com a Intel para que a mesma produzisse um modem de alta velocidade para fazer parte do Nuclun 2. O modelo seria o XMM 7360 que traz suporte a redes de categoria 10. Este modem tem a capacidade de entregar uma taxa de transferência além de 450 Mbps, além de ter suporte a dois SIM cards ativos ao mesmo tempo. Como não poderia faltar em um modem de alta capacidade, a novidade vem preparada para funcionar com tecnologia Voice over LTE (VoLTE) e suporte a três bandas simultâneas de 20 MHz.

Agora uma nova fonte comenta que tal parceria entre LG e Intel vem desde o começo do ano. É informado que as duas estão desenvolvendo um novo chipset para dispositivos portáteis. Não ficou claro se estamos falando do Nuclun 2 ou se as duas estão trabalhando em um SoC totalmente diferente. Apenas é informado que a novidade poderá ser produzida pela Intel em suas fabricas com litografia de 14nm, ao contrário do que acreditávamos de que o Nuclun 2 seria produzido pela TSMC a 16nm.

Infelizmente, a fonte não chega a dar detalhes de qual processador será usado, quantidade de núcleos ou velocidade de operação. Também não há informações sobre a GPU incorporada no chipset, mas podemos esperar uma solução produzida também pela Intel. A novidade tem prazo de chegada para 2016. Assim, até lá mais novidades deverão vazar na internet.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *