Últimas

“Marcelinho Paraíba pode vir para o CSA, mas depende do sócio torcedor”, afirma João Feijó

Atualmente jogando no Brasileirão Série A, pelo Joinville de Santa Catarina, o experiente meia Marcelinho Paraíba pode ser o reforço de peso do CSA na temporada 2016. De acordo com o conselheiro João Feijó, o atleta pode chegar ao CSA, caso a adesão ao programa sócio torcedor cresça no clube do Mutange.

Em entrevista ao programa “Bola Quente” da Rádio Gazeta AM, o dirigente que tem encabeçado as contratações do time azulino juntamente com o gerente executivo, Carlos Kila, apontou para a possibilidade do jogador vir atuar no Campeonato Alagoano.

“É um jogador da elite. Quando falamos em um calendário de quatro meses, não agrada muito, mas ao falar do projeto de um calendário completo, no mínimo até outubro, o jogador se interessou em vir atuar pelo CSA”, explicou.

Conselheiro João Feijó tem sido impotante na montagem do time azulino (Foto: Thiago Davino - Minuto Esportes)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Feijó ainda comentou que a contratação não é fácil, mas que o torcedor pode ajudar no acordo com o jogador. “Eu não tenho problema nenhum em falar o nome do atleta. Ele está disposto a vir, mas tem um preço. É difícil, mas sabemos que podemos efetuar essa contratação, mas depende muito do sócio-torcedor”, disse o dirigente se referindo ao número de torcedores.

Quando a nova direção, liderada pelo presidente Rafael Tenório assumiu, o programa sócio-torcedor tinha aproximadamente 400 ativos, mesmo com o time inativo. Em menos de um mês, este número gira em torno de 700. Para tornar possível o sonho de tornar, a expectativa da direção é um número na casa de 1500 sócios.

A possibilidade de contratação de Marcelinho Paraíba surge apenas uma semana após a entrevista coletiva do presidente do clube, que descartava o nome do meia veterano, que atua no Joinville na Série A. Segundo Rafael Tenório, trazer o jogador seria caro e poderia não ser interessante em termos de relacionamento no grupo.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *