Últimas

Martelotte condiciona vitória do Santa Cruz à mudança de postura no segundo tempo do jogo

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Técnico Marcelo Martelotte queria uma equipe com mais consciência para construir as jogadas

Saiba mais

Marcelo Martelotte foi enfático ao afirmar que o Santa Cruz poderia ter tropeçado diante do Criciúma caso permanecesse no segundo tempo com a postura demonstrada no primeiro. Apesar de o time ter ido para o intervalo do jogo na vantagem de 1 a 0, o treinador entendeu que o Tricolor estava sujeito a qualquer momento a ceder o empate ou mesmo a vitória ao adversário. Por isso, não se furtou em cobrar dos seus jogadores nos vestiários para que a equipe voltasse para os últimos 45 minutos da partida no Arruda mais disposto a ganhar.

Após o 2 a 0 aplicado sobre os catarinenses, Martelotte não escondeu o mau desempenho do Santa Cruz na etapa inicial. “A gente fez um primeiro tempo abaixo e, apesar disso, saímos vencendo. Num momento ruim, aproveitamos bem a chance que tivemos e conseguimos ir para o intervalo com uma vantagem”, declarou.

Isso era muito pouco para o técnico. Martelotte queria uma equipe com mais consciência para construir as jogadas.  “A gente não pode se conformar com algumas situações, principalmente você tendo um time que já jogou junto em algumas oportunidades, que sempre se apresentou bem, que tem jogadores de características de velocidade e bom passe no meio-campo, mas acaba jogando com ligação direta, com bola longa para o Bruno (Moraes) brigar lá na frente de qualquer maneira. Não nos posicionamos bem. Cometemos muitos erros no primeiro tempo”

Mesmo com a vitória parcial, porém, o treinador diz não se esquivou de dar uma bronca nos atletas antes do início do segundo tempo para que houvesse uma melhora de rendimento. “Tem hora que a gente tem que dar uns gritos lá dentro”, revelou, bem-humorado. “Não era o fato de sair vencendo que ia fazer com que a gente aliviasse. Tivemos uma conversa mais forte no vestiário porque entendo que, se a gente repetisse o que tínhamos feito no primeiro, dificilmente sairíamos com uma vitória”, emendou.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *