Últimas

Museu-ônibus de Wando vai abrigar acervo de 17 mil calcinhas



A história do cantor também vai virar filme. Ele também terá um tributo em homenagem aos 70 anos, que seriam completados neste ano


Redação Correio 24H*

O acervo com 17 mil calcinhas e algumas cuecas colecionadas pelo cantor Wanderley Alves dos Reis, o Wando, até o dia da sua morte, aos 66 anos, serão preservados em caixas – separadas por cores – num ônibus-museu que rodará pelo Brasil inteiro.

Presentes de fãs, a maioria das calcinhas são fio dental com a parte da frente em formato de caju, uva e morango. Segundo a Folha de S. Paulo, entre o universo de calcinhas, há poucas cuecas guardadas em um pote de plástico verde em formato de maçã. Entre elas, uma com a mensagem: “Amigos gays de Wandinho”.

O projeto é idealizado pela filha do cantor Gabrielle Burcci, 41, e ainda está na fase de captação de recursos e, segundo a Folha,  o projeto deve entrar na Lei Rouanet. 

Foto: Estadão Conteúdo/Arquivo

Para a filha do cantor, o museu sobre rodas de Wando vai levar alegria “às pessoas no interior, que eram seu grande público”. A expectativa é de que o acervo circule por dois anos e depois fique em um espaço físico. Ela convidaria herdeiros de outros populares, como Reginaldo Rossi e Nelson Ned, para expor o legado no ônibus.

Segundo Gabrielle, o acervo abrange bastante coisa e cabe muito mais na biografia de Wando do que o famoso estigma de brega e as lingeries. Por conta disso, ela está produzindo um documentário sobre a vida do pai, “Vulgar e Comum É Não Morrer de Amor – A História de um Romântico Brasileiro e Sem-Vergonha”, com direção de Darcy Bürger, de “Clara”, sobre Clara Nunes.

Gabrielle e Bürger também preparam um tributo para Wando em homenagem aos 70 anos que seria comemorado nesta sexta (2). Ainda não há definicições quanto a gravadora e convidados. “Não sabemos se chamamos amigos antigos ou a nova geração, como Maria Gadú”, diz Darcy. 

Tags:
<!–

–>

Museu-ônibus, Wando, Acervo, Calcinhas, Cuecas


<!–

–>

Fonte: iBahia.com.br
Matéria publicada pelo site iBahia. Todos os créditos e direitos para o referido portal.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *