Últimas

Náutico recebe o Botafogo de olho no G4 e Dal Pozzo afirma que ainda precisa de equilíbrio

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Técnico reconhece que ainda falta algo para que o time chegue ao ponto que ele deseja

Saiba mais

Nos sete jogos que o Náutico disputou na Série B sob o comando de Gilmar Dal Pozzo, ocorreu uma similaridade. O time sempre rendeu melhor no segundo tempo. Os números comprovam isso. Principalmente ofensivamente. Dos 10 gols marcados sob o comando do gaúcho, oito foram na segunda etapa. Hoje, diante do Botafogo, o time pode até vencer com esse tipo de desempenho, mas Dal Pozzo quer mais. Quer o mesmo desempenho durante os 90 minutos. 

“Se analisarmos, fizemos os segundos tempos melhores que o primeiro. Eu falo para eles que a gente fazendo gol, sofrendo gol, empatando ganhando, temos que manter um padrão. O adversário também tem qualidade. Quando o adversário tiver dominado o jogo eu peço calma. Temos que ter humildade e reconhecer o domínio e saber nos defender bem. Temos que saber jogar o jogo como ele se apresenta”, analisou Dal Pozzo.

O pedido de Dal Pozzo é uma tentativa de consolidar o trabalho que vem realizando no clube. O treinador reconheceu que ainda falta algo para que o time chegue ao ponto que ele deseja. Por isso, ele aguarda que essa postura que tanto deseja seja alcançada hoje, já que até o o fim da Série B, o time não pode mais falhar. 

“Eu posso dizer que o Náutico ainda não consolidou um trabalho. Evoluiu, oscilou e voltou agora. Ainda oscila e isso é perigoso. Antes mesmo de conseguir a classificação não posso enganar ninguém. Temos que consolidar. Não podemos oscilar mais durante a partida e nem durante o campeonato. A minha luta é diária para consolidar e fazer o jogo seguro e forte. Neste crescimento, podemos conseguir o objetivo”, pontuou.

Adversário

O Botafogo não terá tantos problemas para enfrentar o Náutico. O técnico Ricardo Gomes só terá como desfalque o atacante Neilton, que está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. Para a sua vaga, Sassá ou Lulinha devem ser os escolhidos. Por outro lado, ele terá o retorno de Daniel Carvalho ao time, já que o meia entrou contra o Ceará e deve voltar a ser titular nesta tarde.

Ficha do jogo

Náutico

Júlio César; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston; João Ananias, Willian Magrão e Fillipe Soutto; Guilherme Biteco, Hiltinho e Daniel Morais. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Botafogo

Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Carleto; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Daniel Carvalho e Tomas (Diego Giaretta); Lulinha (Sassá) e Navarro. Técnico: Ricardo Gomes. 

Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata

Horário: 16h30

Árbitro: Célio Amorim (SC)

Assistentes: Thiaggo Americano Labes e Eder Alexandre (Ambos de SC)

Ingressos: Leste Inferior – R$50 (inteira), R$25 (meia), R$ 20 (sócio)

Sul e Norte Inferior (Todos com o Náutico) – R$ 15 (até as 12h do dia da partida)

Oeste Inferior (Assento Premium) – R$120 (avulso), R$60 (conselheiros do Náutico), R$60 (1 ingresso por cliente Clube Arena Prime)

Camarote (capacidade 20 pessoas) – R$2.000

Norte Superior (Visitante) – R$50 (inteira) e R$25 (meia)

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *