Últimas

Nexus 6P passa por teste térmico; será que o Snapdragon 810 ainda esquenta?

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Snapdragon 810 ainda continua com sua fama de esquentadinho mesmo após quase um ano de lançado no mercado. Quando a Google revelou o Nexus 6P com tal chipset, muitos ficaram preocupados com o rendimento em desempenho e bateria que acaba sendo sacrificada quando a temperatura do componente começa a subir. Por trazer corpo em metal, a situação acaba se agravando ainda mais para o usuário, já que será mais fácil sentir na pele o aumento de temperatura.

Quem lembra do HTC One M9 lançado no começo do ano sabe que ele é um dos mais afetados pelo aquecimento do Snapdragon 810. Ao trazer uma versão inicial problemática com um corpo em alumínio acabou incomodando muitos por ser complicado segurar o aparelho em atividades muita intensas como benchmarks ou mesmo jogos exigentes. No entanto, o novo phablet da Google vem com versão revisada lançada pela Qualcomm no segundo semestre. Será que mesmo assim o Nexus 6P ainda esquenta?

O pessoal do Android Central em posse de uma câmera térmica analisou o calor emanado pela carcaça de metal do aparelho quando você está navegando, jogando ou rodando benchmarks no Nexus 6P. O teste foi feito em um ambiente com temperatura controlada em torno de 25°C. Com o smartphone em standby, o Nexus 6P marcava 27,8°C em sua estrutura de metal. Após usar o aparelho por 10 minutos (incluindo 5 minutos de jogos), a temperatura do celular da Google subiu para 38°C. Já em benchmarks, quando o hardware é completamente exigido, a temperatura chegou a 40°C.

Isso é muito ou pouco? O pessoal do Android Police comenta que fez o mesmo teste com o Galaxy S6 Edge com seu chipset Exynos 7420 fabricado a 14nm. Teoricamente, o modelo da Samsung deveria ser mais frio que o Nexus 6P que traz um chipset ainda fabricado a 20nm. No entanto, o S6 Edge chegou a marcar 49°C durante os testes de benchmark! Com isso podemos concluir que você ainda sentirá o novo smartphone da Huawei e Google esquentar em suas mãos, mas nada além do que vemos em outros smartphones.

As imagens acima mostram que a maior concentração de calor está em torno da câmera e do leitor biométrico. Isso é normal de acontecer, já que é nesta área onde fica localizado o chipset do smartphone. Claro, temos que lembrar que o teste foi realizado em ambiente a 25°C. Assim, caso você more em uma região muito quente, o Nexus 6P passará de 40 graus facilmente.

O Huawei Nexus 6P ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *