Últimas

Nova parceira de Chimbinha estreia e manda recado: "Não sou pior nem melhor que Joelma"

Chimbinha apresentou Thábata à imprensa. Foto: Facebook/reprodução
Chimbinha apresentou Thábata à imprensa. Foto: Facebook/reprodução

O guitarrista Chimbinha e a cantora Thábata Mendes, nova parceira do músico depois do terrremoto conjugal e profissional dele com a ex-companheira Joelma, na Calypso, concederam entrevista coletiva neste sábado, em Belém, para apresentá-la publicamente aos fãs. A vocalista de 28 anos, nascida no Rio Grande do Norte e formada musicalmente no axé e no sertanejo, esbanjou simpatia e reproduziu no próprio Facebook vídeos e declarações feitos durante o encontro com a imprensa.

Thábata cantou a música Vibrações, lançada pela Calypso, no ano de 2014. A cantora reforçou a vontade de ver o novo companheiro à frente do grupo com o qual se consagrou. O imbróglio, no entanto, promete ser resolvido somente na Justiça, pois Joelma detém a maior parte da sociedade com o ex-companheiro.

No Recife, nesta semana, o produtor da loira avisou da intenção dela de impedir Chimbinha de dar continuidade à Calypso – Joelma seguirá em carreira solo com o nome Joelma Calypso depois do fim do ano, quando se encerram oficialmente os compromissos do grupo de tecnobrega paraense. Os dois devem assinar os papéis do divórcio no dia 9 de novembro.

De acordo com a nova parceira do guitarrista, Chimbinha pretende continuar com o nome Calypso porque seria, segundo ele, “um ritmo, um movimento”. “Eu quero reinventar a banda Calypso, vai ser um estilo mais jovem”, ele declarou, de acordo com o Facebook de Thábata.  

A cantora também postou um depoimento sobre a nova carreira:

“Eu sou uma artista bem diferente. Isso não quer dizer se sou melhor ou pior que ela (Joelma). Não tenho receio gente. Eu só tenho a preocupação de mostrar o meu trabalho. Eu vejo como uma oportunidade profissinal irrecusável. Artista e cantora procurei melhorar e evoluir na profissão. Essas outras questões ficam para eles resolverem. Eu jamais me recusaria diante de tanta polêmica. Não me diz respeito. Não queria que tivesse acontecido tudo isso.”

“Foi inevitável e é vida que segue. Se o cavalo manco estiver pronto para mim, estou pronta para ele. Eu só tenho a dizer que vou executar meu trabalho com muito carinho. São 16 anos de história. As pessoas vão perceber que sou uma pessoa de coração bom. Eu já tomei tantos ‘nãos’ que já estava na hora de um ‘sim'”

A separação
O casamento de Joelma e Chimbinha começou a acabar publicamente a partir de agosto. A cantora acusou o guitarrista com quem viveu 18 anos de tê-la traído. Dias depois, um áudio atribuído a ele vazou na internet, com confissões de uma traição.

Joelma chegou a ser flagrada na delegacia, e uma ordem de restrição judicial impediu o guitarrista de se aproximar da ex-companheira, à exceção dos shows da banda. Nas apresentações, no entanto, a loira externava descontentamento com a situação e fazia de questão de comentar com os fãs a traição sofrida – admitida depois por Chimbinha em entrevista ao Fantástico (Globo). Em um dos shows, ela chegou a ironizar a sugestão de um fã de perdoar o guitarrista, durante a execução da música A lua me traiu. “A lua não trai”, afirmou.

Em outro momento, ela se recusou a subir ao palco e só se apresentou depois que Chimbinha deixou o local do show sob ataques dos fãs. O último compromisso de Joelma com a banda será na festa de réveillon de Macapá, no Amapá, no dia 31 de dezembro. Em seguida, ela segue carreira solo como Joelma Calypso. Ele anunciou uma nova parceira, Thábata Mendes, ex-cantora de grupos de axé, no Rio Grance do Norte.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *