Últimas

Novos iPhones não devem bater recorde de vendas, diz analista

Conhecido por suas previsões acertadas, o analista Ming-Chi Kuo, da KGI security, afirmou que, apesar do sucesso de vendas dos iPhones 6s e 6s Plus, os smartphones da Apple não devem bater o recorde definido pela Apple no ano passado com o iPhone 6. A estimativa foi divulgada em um comunicado aos investidores
No final de 2014, a Apple estabeleceu um novo recorde, vendendo 74,5 milhões de smartphones. Neste ano, a previsão é de que sejam vendidas entre 70 e 75 milhões de unidades.

De acordo com Kuo, os novos iPhones tiveram um começo de vendas melhor do que a geração anterior devido à inclusão do mercado chinês. A demanda, no entanto, deve diminuir nos próximos meses. “Estimamos que as vendas do iPhone subiram 2,1% no trimestre e 23,6% no período total. Atribuímos o crescimento sólido do ano pela inclusão da China como um dos primeiros mercados do lançamento do iPhone 6s. No entanto, como não esperamos que a demanda geral do iPhone 6s seja maior do que a do iPhone 6, esperamos que as vendas diminuam gradualmente a partir do primeiro trimestre de 2016”, afirma o comunicado.

Outros produtos
De acordo com o relatório da KGI, outros produtos da Apple devem sofrer uma queda na estimativa de vendas. A previsão da consultoria para o iPad Pro, por exemplo, foi reduzida de 4 milhões de unidades para apenas 2 milhões, devido a supostos problemas enfrentados pela Sharp na fabricação de um dos componentes do dispositivo.

Os Macs, no entanto, devem continuar a vender melhor do que a maior parte dos PCs do mercado. De acordo com Kuo, os novos Macs devem representar entre 50% e 60% do total de computadores vendidos entre janeiro e março de 2016.

Via MacRumors

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *