Últimas

Proposta do estatuto do Náutico prevê mudanças nas eleições do executivo e deliberativo

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

De acordo com a proposta, a inscrição de chapas para a presidência passará por algumas restrições

Saiba mais

Em meio a disputa da Série B, o sócio do Náutico terá um importante compromisso na próxima quarta-feira, às 20h, na assembléia geral que votará a aprovação ou não do projeto do novo estatuto do clube. E entre os pontos mais polêmicos da minuta está o que trata das regras para as eleições da diretoria executiva do clube, que, no entanto, se forem aprovadas só passarão a valer em 2017.

De acordo com a proposta, a inscrição de chapas para a presidência do clube passará por algumas restrições. Só poderá concorrer associados há pelo menos seis anos, com mais de 30 anos de idade, em dia com o clube pelos últimos dois anos, sem poder ter sido anistiado, além de ter sido conselheiro ou diretor do clube por pelo menos dois anos (podendo somar o tempo nos dois cargos). Além disso, caso haja a inscrição de mais de duas chapas, haverá uma avaliação prévia pelos membros do conselho deliberativo, que aprovarão apenas duas para seguirem para a votação entre os sócios.

Os críticos a proposta alegam que as novas regras são antidemocráticas e que impedem uma renovação de lideranças no clube. Além de dar super poderes ao conselho deliberativo. Já os membros da comissão que elaborou a minuta se defendem justificando que as novas regras são uma forma de proteger o clube. Para isso se baseia na lei do Profut, que prevê perda de pontos, rebaixamento e alienação de bens dos dirigentes e do clube em caso de dívidas.

“O Náutico hoje requer uma pessoa que dê tempo integral ao clube. Não pode ser presidente por vaidade. Temos que conhecer a história do pretenso candidato e quem conhece é o Conselho. Ele será co-responsável na eleição para poder fazer com que o associado não caia em conversa fiada de candidatos mal intencionados”, alegou o advogado Túlio Ponzi, um dos membros da comissão que elaborou a proposta do novo estatuto.

Ainda segundo ele, a minuta foi baseada em outros 19 estatutos, sendo quatro de clubes de fora do País (Barcelona, Real Madrid, Chelsea e Porto). “Essa participação do conselho existe, por exemplo, no Internacional. Só que lá é ainda mais rigoroso, com o deliberativo só liberando as chapas com 85% dos votos dos conselheiros”, explicou o presidente da comissão, Maurício Pina.

Outras mudanças

No entanto, as alterações no estatuto do Náutico não se resumem a eleição para a presidência executiva. A própria eleição do conselho deliberativo passará por mudanças. Entre elas, o fim do conselheiro avulsos, e o sistema de proporção para os eleitos, desde que ela tenha assegurado, no mínimo, 15% dos votos. Com isso, caso uma chapa receba, por exemplo, 50% dos votos ela terá direito a indicar 50% dos conselheiros inscritos na chapa e assim sucessivamente. “Isso vai possibilitar um conselho mais heterogêneo”, explicou Pina  

Ao contrário do executivo, as novas regras para a eleição do conselho deliberativo já passarão a valer na eleição de dezembro, caso aprovadas na assembléia dos sócios na quarta-feira.

Vale lembrar que tanto para os cargos executivos, quanto para do deliberativo, os candidatos terão que ter ficha limpa. Apenas sócios com um ano de clube e em dia poderá participar da assembléia.

As mudanças

Para eleição executiva (válidas apenas em 2017)

Ter idade mínima de 30 anos

Associado há pelo menos seis anos

Em dia com suas contribuições há pelo menos dois anos

Tenha sido conselheiro ou diretor por pelo menos dois anos (tempo acumulativo)

Não tenha sido anistiado

Para a eleição do conselho (válidas para a próxima eleição)

Fim do conselheiros avulsos

Eleição dos conselheiros de forma proporcional a quantidade de votos da chapa

Associados há pelo menos três anos 

Em dia com suas contribuições há pelo menos um ano

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *