Rafael Tenório diz que não pode afirmar se Didira vestirá camisa do CSA

Presidente marujo descarta Marcelinho Paraíba, e informa que um dos jogadores contratados vestirá a camisa de número 38 no ano que vem, na busca pelo 38º título

 

Enquanto a diretoria do CSA não confirma nome dos jogadores que possuem pré-contrato com o clube, a única exceção até agora é o goleiro Jeferson, a torcida fica na expectativa para saber quem irá vestir a camisa do time no Campeonato Alagoano de 2016.

Rafael Tenório, presidente do CSA (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)Rafael Tenório, presidente do CSA (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)

O presidente executivo Rafael Tenório falou com a imprensa através de uma rede social, na tarde desta quinta-feira, sobre quando será o anúncio dos novos contratados.

– Assim que clubes forem encerrando as atividades, nós já poderemos anunciar os jogadores. Mas pelo calendário da Série B do Campeonato Brasileiro, acredito que só iremos divulgar os nomes dos atletas que possuem pré-contrato conosco que disputam essa competição após o término dela, que deve acabar no dia 30 de novembro – declarou.

Um dos jogadores mais especulados para jogar no clube do Mutange é o Didira, meia do ASA. Rafael diz que não pode garantir a ida do atleta para o Mutange.

– Foi muito mais especulação que realidade. Ele ainda tem contrato com o ASA. Nós não podemos afirmar se ele vem ou não. Ele nos interessa, mas não existe pré-contrato com ele, só poderemos divulgar quando estiver certo, isso se ele vier jogar aqui no Azulão – contou.

Sobre uma possível vinda do meia Marcelinho Paraíba, o presidente falou que o departamento de futebol não pensou na contratação do jogador.

Nunca passou pela cabeça da direção trazer o Marcelinho Paraíba, a contratação dele é uma irrealidade para o futebol de Alagoas. Qualquer informação que não seja do nosso executivo Carlos Kila, do conselheiro João Feijó ou de mim, estará mentindo. Só quem fala pelo futebol são essas três pessoas – disse.

O mandatário azulino informou ainda que das parcerias que o CSA fechou recentemente, o clube está solicitando o empréstimo de três atletas do Palmeiras e dois do Bahia.

– Nós temos 22 atletas com pré-contrato, a princípio estamos pedindo três jogadores do Palmeiras e dois do Bahia. Com isso fecharíamos o elenco em 27 atletas, fora os da base – informou.

Quando foi eleito, uma das ideias do presidente marujo era contratar um jogador bilheteria, mas Rafael parece ter mudado de ideia.

– O jogador bilheteria é se o time todo estiver bem, fazendo uma grande campanha e jogando bem, com isso tudo eu sei que a torcida do CSA irá ao Rei Pelé. Não adianta eu deixar de trazer 10 bons atletas para contratar apenas uma estrela solitária. Isso não me traria resultado. Nós estamos trazendo um centroavante diferenciado, matador, não adianta trazer só um bilheteria e ter um time fraco – falou.

A grande reforma no CT é a construção de uma academia. Segundo Tenório, o projeto foi feito recentemente e quando o clube estiver financeiramente melhor, a construção sairá do papel.

– O projeto está concluído. O CSA não tem recurso nenhum neste momento, mas já compramos todos os equipamentos. Autorizei para reformarem a parte da academia existente, e na frente, quando respirarmos melhor nas finanças, nós iremos construir, que é financeiramente mais fácil – finalizou.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *