Últimas

Servidores da Educação bloqueiam AL-101 na Barra de Santo Antônio

Dois sentidos da rodovia foram interditados. Categoria cobra três meses de salários atrasados.

 

Servidores da Educação do município da Barra de Santo Antônio, Região Metropolitana de Maceió, ligados ao Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), bloquearam os dois sentidos da rodovia AL-101, em frente ao Grupo Escolar Major Nelson Augusto do Nascimento.

O Gerenciamento de Crise da Polícia Militar foi ao local para negociar com os manifestantes a liberação da rodovia. Os militares conseguiram que um sentido da via fosse liberado,mas o protesto continua.

A categoria cobra três meses de salários atrasados e melhorias nas condições de trabalho. De acordo com diretor da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Alagoas, Edilton Dantas, os servidores querem uma audiência com o prefeito da cidade e com um promotor.

“Queremos que o prefeito nos receba para resolver essa situação. Temos servidores ativos que não recebem desde agosto”, disse Dantas.

O G1 entrou em contato por telefone com o prefeito da cidade, Rogério Farias (PSD). De acordo com Farias, apenas um mês de salário está atrasado e até o fim da semana esse salário seria pago aos servidores.

“Eu me reuni com os professores semana passada e apenas um mês está atrasado. Os salários atrasaram porque o governo federal atrasou os valores para a prefeitura. Esse protesto tem um cunho político”, disse o prefeito.

Servidores atearam fogo em pedaços de madeiras, palhas e pneus para bloquear a rodovia (Foto: Aline Rodrigues/Arquivo pessoal)
Servidores atearam fogo em pedaços de madeiras, palhas e pneus para bloquear a rodovia (Foto: Aline Rodrigues/Arquivo pessoal)
G1

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *