Últimas

ShatterShield: Motorola explica tela inquebrável do DROID Turbo 2 [vídeo]

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Motorola desenvolveu para a operadora Verizon um dispositivo que promete balançar o mercado. O recém-lançado DROID Turbo 2 (Moto X Force, fora dos EUA) desafia os usuários mais desastrados, já que possui uma tela com a tecnologia ShaterShield para garantir que o smartphone saia praticamente ileso da maioria dos impactos e quedas. E a fabricante norte-americana decidiu explicar publicar uma matéria especial para explicar como desenvolveu tal tecnologia.

Atualmente é bastante comum ver relatos de usuários, mesmo os que não se consideram desastrados, com smartphones que tiveram as telas rachadas em acidentes que vão desde um escorregão das mãos, quedas do colo ou outras situações diversas que acabam “quebrando” também o coração desses infortunados.

[embedded content]

Pesquisas encomendadas pela Motorola revelam que mais da metade (53%) dos proprietários de smartphones em todo o mundo já passaram pela triste experiência de ver a tela do smartphone quebrada após um acidente, e um em cada cinco (21%) desses mesmos usuários preferiram continuar com o dispositivo danificado ao invés de investir no reparo ou trocar por um modelo novo. Por esse motivo é que a empresa alega ter passado os últimos três desenvolvendo a tecnologia Moto ShatterShield.

A ideia da Motorola é que os usuários não precisem mais se preocupar em eventuais acidentes que resultem na queda do smartphone. A empresa promete garantir resistência graças a um sistema que integra cinco camadas especificamente projetadas para absorver o choque e nunca quebrar a tela. Abaixo vemos a descrição de cada uma dessas camadas.

  1. Primeiro temos um núcleo de alumínio rígido que proporciona integridade estrutural e durabilidade.
  2. Em cima da primeira camada temos o painel AMOLED flexível. Usando uma tela flexível é possível absorver o choque, permitindo que o conjunto flexione durante uma queda, evitando assim que ocorram as rachaduras de soluções concorrentes.
  3. Em seguida, vemos uma camada dupla responsável pelo reconhecido dos toques, com redundância e que também foi criada para ajudar o conjunto a sobreviver em acidentes. Muitas vezes, depois de uma queda, a camada tátil pode deixar de funcionar corretamente, mas a Motorola afirma ter adicionado um mecanismo à prova de falhas.
  4. A penúltima camada é a lente interior que fornece um escudo protetor e também foi projetada para não rachar ou quebrar.
  5. Finalmente, temos uma lente exterior com um duro revestimento que ajuda a proteger a tela contra o desgaste normal.

O conjunto apresentado acima é o responsável pela durabilidade que pode vir a se tornar um padrão a partir de agora e que as várias gerações do Gorilla Glass da Corning não conseguiram garantir sozinhos. No vídeo abaixo vemos executivos da Motorola explicando o desenvolvimento da tecnologia Moto ShatterShield, além de testes que foram realizados até que ela fosse aprovada para ir ao mercado.

[embedded content]

Apesar de estar inclusa atualmente apenas no smartphone DROID Turbo 2 exclusivo da operadora Verizon, a Motorola promete levar essa nova tecnologia para outros dispositivos e mercados ao redor do mundo em breve (Moto X Force no Brasil dia 29?).

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *