Últimas

Sport joga mal, perde para São Paulo, vê tabu mantido e distância maior para G4

WILLIAM VOLCOV/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Rubro-negro não conseguiu segurar a pressão do Tricolor, que venceu sem grandes dificuldades

Entre o momento mais favorável e o tabu, prevaleceu a história. Mesmo vindo de três vitórias seguidas (uma delas fora de casa) e contra um adversário em crise, o Sport mais uma vez sucumbiu diante do São Paulo no Morumbi. Mostrando um futebol que lembrou os seus piores momentos neste Brasileiro, o Leão foi facilmente derrotado por 3 a 0, aumentando para 17 o número de derrotas fora de casa para o tricolor paulista. Em 17 jogos. O resultado também coloca um freio na recuperação leonina, justamente em um confronto direto pelo G4. O Leão segue estagnado com 49 pontos e viu o rival alcançar a 4ª colocação, com 53.

Sem contar com Durval, lesionado, e Diego Souza, suspenso, o técnico Paulo Roberto Falcão optou por Ewerton Páscoa e Maikon Leite, como os substitutos. Com essa última, Marlone passou a ser o principal responsável pela criação no meio de campo. Ambas as ausências acabaram sendo bastante sentidas no primeiro tempo. 

Sem o seu capitão, o sistema defensivo do Sport, digno de elogios nas últimas partidas, parece ter se desconectado. Com a marcação frouxa, Paulo Henrique Ganso foi o maestro do meio de campo do São Paulo, atuando sempre nas costas de Rithely e Wendel. Além disso, Páscoa não se entendeu com Matheus Ferraz no miolo de zaga. Assim, mesmo sem apresentar um grande futebol, a vitória do São Paulo no primeiro tempo foi merecida.

Pressionado pela eliminação diante do Santos na Copa do Brasil, o tricolor tomou a iniciativa do jogo. E encontrou pouca resistência pernambucana. Assim, não demorou para abrir o placar, graças a uma falha coletiva do Sport. Aos 18 minutos, Wesley cruzou da direita, a bola passou por toda a defesa rubro-negra,e  Ganso, na pequena área, só escorou para o gol.

Atrás do marcador, foi a vez da ausência de Diego Souza ser sentida. Sem conseguir criar e pensar o jogo, o Sport só conseguiu levar perigo após uma cobrança de falta em que Matheus Ferraz, na pequena área, não conseguiu completar. Muito pouco para quem luta pelo G4.

Em contrapartida, o São Paulo, sem maiores esforços, conseguiu ampliar. Em jogada individual, Alexandre Pato ganhou de Matheus Ferraz na velocidade e deixou Luis Fabiano, de frente para Danilo Fernandes, escolher o canto e fazer 2 a 0. Placar justo.

Segundo tempo

Sentido que precisaria dar mais força criativa ao seu meio de campo, o técnico Falcão sacou Maikon Leite para a entrada de Régis. Porém, o camisa 10 não conseguiu mudar o cenário. O São Paulo seguiu melhor em campo e sem ser ameaçado. E mais uma vez, não demorou a balançar as redes do time pernambucano

Logo aos 18 minutos.Michel Bastos, teve liberdade para, na diagonal da área, chutar e ampliar. A bola ainda desviou na perna de Páscoa, complicando a vida de Danilo Fernandes. Com 3 a 0 contra, Falcão ainda tentou a última cartada, com as entradas de Neto Moura e Hernane nas vagas de Marlone e Élber. O Sport ainda tentou diminuir, Régis perdeu um gol de frente para o goleiro são-paulino, porém, a essa altura, a partida já estava decidida. E o tabu mantido. Agora, 17 jogos no Morumbi e 17 derrotas.

Ficha do jogo

São Paulo 3

Dênis. Bruno (Hudson), Rodrigo Caio, Lucão e Reinaldo; Thiago Mendes, Wesley, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos (Rogério), Luis Fabiano (Alan Kardec) e Alexandre Pato. Técnico: Doriva.

Sport 0

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Wendel e Marlone (Neto Moura); Maikon Leite (Régis), André e Élber (Hernane). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Local: Morumbi. Árbitro: Wagner Reway (MT). Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Bruno Raphael Pires (GO). Gols: Ganso (18 do 1º), Luis Fabiano (42 do 1º) e Michel Bastos (18 do 2º). Cartão amarelo: Michel Bastos (SP), Wendel e Rithely (S).

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *