Surface Book destrói MacBook Pro 13 em bateria de testes

Da Redação do site Tudocelular.com.br

A Microsoft revelou durante seu evento no início deste mês, para espanto de todos, o Surface Book. O primeiro notebook realmente fabricado pela dona do Windows promete extrair tudo o que há de melhor do sistema operacional, contando até mesmo com uma placa gráfica dedicada de alto desempenho em suas versões mais parrudas, que chegam a custar até US$ 3,2 mil.

Algo que chamou bastante a atenção durante a apresentação do produto, contudo, foi a afirmação de que ele seria duas vezes mais rápido que o novo MacBook Pro da Apple, sendo este conhecido por seu ótimo desempenho em aplicações pesadas como modelagem 3D e edição de vídeo. Para tirar a prova, o pessoal do PC World realizou uma bateria de testes entre ambos os produtos, demonstrando o que de fato pode-se esperar do primeiro notebook da Microsoft.

Os primeiros testes corresponderam ao desempenho bruto do chipset utilizado em ambos, com o Surface Book possuindo um Intel Core i7-6600U de sexta geração com dois núcleos e clock máximo de 2,4GHz ou 3,1GHz com o Turbo Boost, enquanto o MacBook Pro conta com um Intel Broadwell Core i5-5752U de quinta geração com dois núcleos rodando a 2,7GHz. Vale notar que o SoC utilizado pela Apple demanda 28 Watts de potência enquanto o escolhido pela Microsoft apenas 15 Watts, algo que interferiu diretamente na autonomia de bateria de cada um dos produtos.

Ainda que possua um chipset mais atual e com clock maior quando necessário, o Surface Book perdeu esta primeira batalha, conseguindo 6.765 pontos contra 7.072 do MacBook Pro. Isto provavelmente se deve ao software de teste mal otimizado para o novo SoC da Intel, algo que deve mudar com atualizações futuras que tirem total proveito da tecnologia Turbo Boost durante o uso da ferramenta, simulando de forma mais coerente o que teríamos em um uso pesado.

Ao analisarmos a GPU presente em ambos os modelos, contudo, o Surface Book mostra onde a Microsoft realmente investiu, sendo superior ao modelo da Apple em absolutamente todos os testes realizados. O que impressiona, entretanto, é que o aparelho não é duas vezes mais rápido que seu rival da Maçã, e sim três vezes! Isto mesmo, em alguns exemplos vistos abaixo é possível confirmar que o Surface Book se saiu até três vezes melhor que o novo MacBook Pro de 13 polegadas, o que demonstra que a casa de Cupertino precisará se reinventar em seu próximo lançamento para diminuir tamanho abismo.

Além de ser incrivelmente mais veloz, principalmente em aplicações que demandam grande esforço gráfico como jogos e programas complexos, o Surface Book também derrota o MacBook Pro em termos de duração de bateria, conseguindo uma autonomia média de 637 minutos (algo próximo de 10,6 horas) em reprodução de vídeos 4K enquanto seu rival durou apenas 581 minutos (aproximadamente 9,6 horas). Vale notar que o MacBook Pro possui uma bateria maior do que o Surface Book, o que aumenta ainda mais o mérito da Microsoft.

Obviamente que os testes são apenas uma das muitas coisas que devem ser levadas em conta na hora de adquirir algum dos dispositivos, sendo necessário lembrarmos que o modelo da Apple analisado é encontrado por US$ 1.500, enquanto a versão mais básica do Surface Book com as características presentes no comparativo custa US$ 2.099, sendo esta uma diferença considerável de preço. Além disso, existem versões do MacBook Pro bem mais robustas que podem fazer frente ao Surface Book em termos de desempenho, mesmo que seja necessário pagar um pouco mais.

Em relação à disponibilidade, apenas os notebooks da Apple podem ser adquiridos em solo brasileiro atualmente, sendo encontrados pelo valor inicial de R$ 10.499. Enquanto isso, não há qualquer previsão oficial para o lançamento do Surface Book em terras tupiniquins, restando aguardarmos que a Microsoft se pronuncie sobre o assunto para vermos se o aparelho poderá ser comprado oficialmente no Brasil em um futuro próximo.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *