Últimas

Urbanista lança livro sobre 16 anos da Academia Pernambucana de Ciências

Foto: APC/Reprodução
Foto: APC/Reprodução

O arquiteto urbanista e professor Waldecy Fernandes Pinto lançou, no ínicio da noite desta quinta-feira, o livro APC – Academia Pernambucana de Ciências – 16 Anos de História – 1998-2014.

O lançamento ocorreu em evento realizado no Círculo Militar do Recife, em Santo Amaro, região central do Recife, com parte dos recursos arrecadados direcionada ao Lions Clube da Região. Na mesma ocasião, o professor e acadêmico Sebastião Barreto Campello proferiu a palestra Os Dois Bra$i$, sobre momentos econômicos vividos pelo Brasil.

Presidente da APC, Waldecy Fernandes Pinto atuou como coordenador geral do livro APC – Academia Pernambucana de Ciências – 16 Anos de História – 1998-2014, que, como sugere o título, faz o resgate da história recente das atividades da instituição. Isso inclui desde reuniões culturais a reuniões e seminários focados em temas sempre atuais, a exemplo do papel do Nordeste, geração e uso de energia limpa, combustíveis sustentáveis e produção de alimentos no Nordeste, fator de desenvolvimento sustentável e a política nacional de mudanças climáticas. Além disso, o livro contém o Estatuto e o Regimento Interno da APC, e relaciona 89 acadêmicos.

Ex-diretor do Departamento de Física e Matemática e ex-reitor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Waldecy Fernandes Pinto lembra que a APC foi fundada em 1978, a partir de encontros proporcionados através da realização do programa O Grande Júri (1968-1981) da TV Universitária, comandado por Valter da Rosa Borges. A atração reunia personalidades de várias áreas para discutir um determinado assunto ao vivo. A APC promove reuniões abertas ao público nos primeiros sábados de cada mês, no auditório do Centro de Teologia e Ciências Humanas (CTCH) da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), na Boa Vista, também na Região Centro do Recife.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *