Velório da atriz Yoná Magalhães emociona fãs, amigos e parentes


A atriz Yoná Magalhães morreu na terça-feira (20), no Rio de Janeiro, vítima de complicações após uma cirurgia no coração


Agência Brasil

O corpo da atriz Yoná Magalhães, que morreu na terça-feira (20) no Rio de Janeiro vítima de complicações após uma cirurgia no coração, foi velado na manhã de hoje (21) no Memorial do Carmo, no Caju. O velório reuniu fãs, amigos e parentes. O aposentado Nilramos Soares, 70 anos, foi figurante de alguns trabalhos em que a atriz esteve presente.

“Além de ser excelente atriz, era uma pessoa muito humana, que transbordava alegria dentro e fora do estúdio. Sempre cumprimentava a todos sem nenhuma distinção, com um sorriso no rosto. Ela era uma pessoa maravilhosa. Essa é a imagem que fica”.

Corpo de Yoná Magalhães segue para cremação (Foto: Anderson Borde/AgNews)

Foto: Ag.News

Para a também aposentada Raimunda Nazaré de Moura, Yoná Magalhães era muito mais que uma grande artista. Ela conta que foi com 17 anos para o Rio, por intermédio da atriz, morar em sua casa e trabalhar na TV Globo. Bastante emocionada, Raimunda falou do legado deixado por Yoná.

Corpo de Yoná Magalhães segue para cremação (Foto: Anderson Borde/AgNews)

Foto: Ag.News

“Olha, ela ajudou muita gente, pode ter certeza. Eu fui só uma delas. Era uma pessoa diferente, que ajudava a todos que passavam por suas mãos, fazendo-os crescer. Eu digo que cresci na vida muito por causa dela. Era uma segunda mãe para mim e sempre será”, disse.

Arlete Salles no velório de Yoná Magalhães (Foto: Anderson Borde/AgNews)

Arlete Salles (Foto: Ag.News)

Em nota divulgada na tarde de ontem (20), o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, lamentou a morte da atriz e destacou seus trabalhos na TV. “Yoná Magalhães viveu personagens com as várias caras do Brasil, divertindo e emocionando a todos. Uma atriz que sempre nos brindou com talento e espontaneidade. Yoná deixará saudades”.

Com larga atuação no teatro, na TV e no cinema, a atriz se destacou como a personagem Rosa, no filme Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), de Glauber Rocha. Na televisão, atuou em novelas da TV Tupi e participou de mais de 30 novelas da Rede Globo, como Roque Santeiro, Tieta e Saramandaia, além de minisséries como Engraçadinha… Seus Amores e Seus Pecados, adaptação da obra de Nelson Rodrigues.

Tags:Velório, Morte, Yoná Magalhães, Despedida

Fonte: iBahia.com.br
Matéria publicada pelo site iBahia. Todos os créditos e direitos para o referido portal.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *