Últimas

Vira-casaca: 30% dos donos iPhone saíram do Android no último trimestre

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Apple conseguiu atrair quem utilizava um dispositivo Android como padrão, chamando a atenção dos antigos entusiastas do sistema operacional da Google ao lançar os novíssimos iPhone 6s e iPhone 6s Plus. De fato, na conferência de mercado realizada pela gigante de Cupertino na terça-feira desta semana, 27 de outubro, Tim Cook subiu ao palco com a informação de que cerca de 30% dos compradores de iPhone no último trimestre fiscal costumavam a utilizar o robozinho como ambiente virtual preferido. Desta forma, nota-se que as novidades com estampa de maçã foram capazes de mudar o pensamento de alguns clientes sobre o iOS e o ecossistema criado pela empresa dos Estados Unidos da América.

“É um número enorme e estamos muitos orgulhosos em relação a ele”, diz Tim Cook ao falar sobre a quantidade de consumidores que decidiram abandonar o Android e migrar ao iPhone. Inclusive, trata-se de mais um recorde batido pela companhia norte-americana, pois um terço dos compradores de iPhone terem saído do Android nunca havia acontecido na história da Apple. Entretanto, a conferência de mercado foi uma faca de dois gumes para a Maçã, já que seu CEO também revelou que apenas 30% dos antigos usuários do iOS adquiriu uma unidade dos novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus, os modelos mais atuais na vitrine da marca mais valiosa do mundo. E isso levanta muitas questões sobre o trabalho da mesma.

Quem já tinha um iPhone achou que as novidades da geração moderna não foram o suficiente para ‘obrigá-los’ a trocarem de smartphone, enquanto o um terço que saiu do Android notou o esforço da Apple em aperfeiçoar agressivamente seus novos dispositivos portáteis. As mudanças em relação aos modelos renovados não existem em termos visuais, porque o mesmo design foi mantido, porém as alterações em hardware foram vastas e importantes. Essas modificações na dupla de celulares foram o estopim para o crescimento admirável da Maçã na China, por exemplo, alcançando o topo da lista dos aparelhos mais vendidos por lá, ultrapassando até mesmo as gigantes Huawei e Xiaomi.

As mudanças em hardware no iPhone 6s e iPhone 6s Plus, relembrando, incluem o tão falado 3D Touch, sendo capaz de discernir entre os diferentes níveis de pressão aplicados pelo usuário na tela do gadget, a adição de 1 GB de RAM, novíssimo sensor fotográfico principal de 12 megapixels, chipset A9, oferecendo poder elevado na execução do iOS e seus aplicativos, construção em alumínio de série 7000, evitando o fenômeno #BendGate, e demais alterações admiráveis em seu conjunto de peças internas. Isto tudo pelo mesmo preço que acompanhou o iPhone 6 em seu lançamento. Se a Apple está fazendo sucesso na China, veremos como a mesma se sai no Brasil, pois já confirmou a estreia dos iPhones por aqui.

(atualizado em 28 de outubro de 2015, às 07:50)

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *