Últimas

7 alternativas open-source para os apps do Google no Android

O Android é um sistema operacional de código aberto, o que significa que qualquer um pode rodá-lo em seu smartphone ou tablet sem pagar uma licença, e ainda com a opção de acrescentar as modificações que quiser. Contudo, todo celular vendido no mercado com esse sistema precisa vir, por contrato, com uma série de aplicativos básicos do Google, que é o criador do Android.

Há maneiras (não tão seguras) de desbloquear seu smartphone e se livrar desses apps pré-instalados, mas como substituí-los sem perder suas vantagens? O site PhoneArena preparou uma lista de aplicativos também de código aberto – conhecidos como open-source – para você poder manter as funções mais básicas do aparelho mesmo sem a hegemonia do Google.

1 – F-Droid: uma alternativa ao Google Play

Para baixar aplicativos open-source, você vai precisar de uma loja de apps open-source. A F-Droid não é apenas uma biblioteca de programas para o seu celular, como também executa o trabalho de mantê-los atualizados e certifica o usuário de que todos eles são livres de vírus.

2 – DuckDuckGo: uma alternativa às buscas do Google

Quer fazer pesquisas na internet sem precisar oferecer seus dados de navegação ao Google? Isso é possível com a barra de buscas do DuckDuckGo, uma alternativa que privilegia, acima de tudo, a privacidade do usuário. Com ele, os resultados das buscas são mais democráticos e livres de influência externa, como links patrocinados.

3 – NewPipe: uma alternativa ao YouTube

É possível conferir vídeos do YouTube sem o pesado aplicativo da rede instalado em seu smartphone. Mais do que isso, o NewPipe também livra o usuário da obrigatoriedade de “prestar contas” ao Google Play sobre suas buscas e atividades na plataforma. Trata-se de uma alternativa simples, leve, rápida e grátis.

4 – OsmAnd: uma alternativa ao Google Maps

Existem inúmeros aplicativos de mapas para Android que substituem de forma competente o Maps. A vantagem do OsmAnd é o fato de possuir código aberto, convidativo para qualquer usuário em busca de atualizações pela web. Com ele, você pode não apenas editar os mapas como fazer download de regiões novas, com coordenadas de GPS disponíveis offline.

5 – Mitzuli: uma alternativa ao Google Tradutor

Com este aplicativo, o usuário tem quase todas as funções oferecidas pelo Google: suporte a traduções por voz e câmera, reconhecimento automático de discurso e leitura dinâmica de textos em áudio. Contudo, alguns idiomas estão faltando da biblioteca, sendo alemão a ausência mais sentida.

6 – K-9 Mail: uma alternativa ao Gmail

A maioria dos smartphones Android já vêm com um aplicativo básico de e-mails como alternativa ao Gmail, mas não com as vantagens de uma comunidade de desenvolvedores ao redor do mundo engajados em projetos de código aberto. O K-9 possui diversos recursos que o colocam no mesmo nível dos concorrentes de mais peso na Google Play.

7 – Syncthing: uma alternativa ao Google Drive

Segurança e privacidade são os trunfos deste app em relação a nomes mais famosos como Dropbox e OneDrive. Com o Syncthing, você pode compartilhar arquivos por diversas plataformas e sistemas, incluindo Linux, Windows, Mac OS X e muitos outros. O aplicativo gera um registro particular para cada dispositivo, em vez de usar informações pessoais do dono, e não armazena seus dados em servidores físicos ou na nuvem.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *