Últimas

Aguinaldo Silva: 'Em trama boa nenhum ator é insubstituível'

Vencedor do Emmy Internacional na categoria de Melhor Novela, Aguinaldo Silva contou ao jornal O Dia que não viajou para Nova York para acompanhar a premiação, porque estava envolvido na inauguração da Casa Aguinaldo Silva de Artes, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro e também por achar que não sairia com a estatueta na mão.

 

“Confesso que não acreditava muito. Achava que, como a Globo tinha ganhado dois anos seguidos, eu pensei: ‘Ah! não vai sair esse prêmio para mim’. E, como também estou com problemas aqui na casa, nem fui. Comecei a acompanhar pelo Twitter do Emmy e, de repente, aparece lá: ‘prêmio melhor novela: Império, Rede Globo. Confesso que fiquei muito emocionado”.

 

O falou ao jornal que Império lhe provou que não é hora de se aposentar. 

 

“Eu não sei se foi a melhor novela da minha vida, mas foi a novela que me deu mais alegrias, não só por causa dos prêmios que eu recebi, que foram vários, mas também porque ela me deu a sensação de que eu tenho muita coisa para fazer na vida, inclusive novelas. Não sou uma pessoa que está no ponto de se aposentar, não”.

 

Aguinaldo não deixou de citar a superação com a saída de Drica Moraes, no auge da trama. A atriz interpretava a vilã Cora e foi substituída por Marjorie Estiano. Para ele, o maior percalço de Império.

 

“Foi um momento que eu tive que tomar uma decisão muito rápida e uma decisão que era um tiro no escuro. As pessoas podiam rejeitar aquela troca, não é? Aí, a novela não seria mais a mesma. Foi uma decisão muito arriscada, e eu confesso que a tomei mesmo sofrendo alguma resistência, porque as pessoas achavam que não ia dar certo. A gente descobre que ninguém é insubstituível: nem o vilão, nem a mocinha, não é?Na verdade, isso é uma coisa que eu aprendi com Império: se a trama é boa, nenhum ator é insubstituível”. 

 

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *