Últimas

Após suspensão, Gaston analisa momento do Náutico e faz alerta: "Não tem jogo fácil"

Rafael Brasileiro/DP/D.A Press

“São cinco jogos que vão definir o futuro da gente”, afirmou o lateral esquerdo, Gaston Filgueira

Saiba mais

São 27 jogos na Série B, mas apenas nesta reta final é que Gaston pode afirmar que passa por seu melhor momento na competição. Após passar dez partidas sem receber cartão, dar assistência no clássico e até marcar gol, o lateral esquerdo assistiu à vitória sobre o Vitória em Salvador pela televisão. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido contra o Botafogo, o uruguaio afirmou que está bem tranquilo para a reta final da competição por não ter mais o peso de estar pendurado. Disposto, o atleta ainda alerta que não terá jogo fácil na reta final.

“Eu fiquei dez partidas pendurado e agora estou mais tranquilo. Meu jogo vai voltar a ser o mesmo. Tem jogo importante para nós, mas não adianta pensar nisso se não vencermos neste sábado. Temos que ser fortes dentro de casa”, pediu. 

Gaston revelou que nem conversou com Gilmar Dal Pozzo sobre titularidade ou qualquer outro assunto desde que o time retornou de Salvador. Ele prefere deixar o técnico com esta decisão, mas prometeu estar preparado e focado no compromisso deste sábado. 

“Na verdade, eu nem falei com o professor. Estou trabalhando para isso (ser titular). Se ele precisar, estou preparado. Todo mundo tem que estar focado. O campeonato está terminando. São dois jogos muito difíceis e o tempo é curto. O Macaé estava brigando mais em cima da tabela. Agora estão brigando mais embaixo. Mas antes temos o Paraná, que é forte. Na Série B, não tem jogo fácil. Temos que nos preparar que será um jogo muito difícil neste sábado”, afirmou.

Momento especial

Em 2014, Gaston jogou as últimas partidas da Série B como titular e não teve o gosto de ter uma reta final como a que o Timbu vive em 2015. A possibilidade do acesso à Série A deixa o lateral esquerdo empolgado e pronto para aproveitar a chance. “É um momento muito especial. São cinco jogos que vão definir o futuro da gente. Sem dúvida alguma, iremos caprichar no descanso e serão cinco jogos em 25 dias. É fundamental o descanso e a recuperação e espero que no dia 28 de novembro alcancemos o objetivo.”

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *