Casal espera mais de seis horas por atendimento em policlínica de Casa Amarela

Na tarde dessa terça-feira, o recifense Jesiel dos Santos levou sua esposa Ângela Lima para a Policlínica e Maternidade Barros Lima, às 15h30, no bairro de Casa Amarela, Zona Noroeste do Recife. Ângela estava sentindo dores em todo o corpo, mas devido à superlotação na unidade de saúde ela não foi atendida. 

O casal ficou seis horas aguardando por uma consulta, até que desistiram e foram embora. Indignado com a situação, Jesiel ligou para o Diario e denunciou o problema. “Isso é um absurdo, chegamos às 15h30 e ficamos até as 19h30, sem nenhum atendimento. Ao chegar na policlínica encontramos uma fila enorme”, disse.

O Diario tentou entrar em contato com a Secretaria de Saúde do Recife, mas não obteve resposta.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *