Últimas

Caso Ahmed: jovem detido com "bomba relógio" quer US$ 15 milhões e desculpas

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Você provavelmente se lembra da história de Ahmed Mohamed, que foi preso em sua própria escola por portar uma invenção, que era um relógio, confundida com uma bomba. O advogado que representa o jovem revelou novos detalhes sobre a prisão, que aconteceu no mês de setembro e ganhou repercussão mundial rapidamente.

A carta revelada pelo advogado de Ahmed retrata alguns fatos que antes não estavam tão claros. Inicialmente, acreditava-se que uma segunda professora havia visto o dispositivo e, por medo de ser uma bomba, chamou as autoridades. Mas, na realidade, de acordo com as informações reveladas pelo advogado, os funcionários da escola nunca desconfiaram do aparelho e apenas uma professora o acompanhou para uma sala com mais cinco policiais e o assistente do diretor para interrogatório.

Na sala, Ahmed precisou assinar um termo de confissão sob o risco de ser expulso, e durante o processo não teve nenhuma oportunidade de entrar em contato com seus pais. Esta acusação já foi retirada, embora os danos sob Ahmed parecem ser permanentes.

A família de Ahmed processou a cidade de Irving, no Texas, em US$ 10 milhões, e o distrito escolar em US$ 5 milhões.

De acordo com a publicação original do documento, a única reação exagerada envolta do caso de Ahmed é por “causa de sua nacionalidade, origem, raça e religião“. Sua família se mudou para o Qatar em outubro, mas afirmam que gostariam de voltar a viver nos Estados Unidos.

Além do processo em dinheiro, a família do jovem também exige uma carta de desculpas.

Ahmed teme por sua segurança física depois de receber muitos e-mails o ameaçando“, diz a carta. “Até que eles se sintam seguros novamente, permanecerão com a vontade de voltar para casa em Irving, no Texas.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *