Últimas

CEO do Tinder da entrevista desastrosa e enfurece seus sócios

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Sean Rad, o CEO do Tinder é uma figura problemática. O empresário já foi demovido de sua posição uma vez quando escândalos de assédio sexual começaram a aparecer sobre ele. Agora, em uma entrevista ele quase causou uma queda repentina nas ações da sua empresa e suas associadas.

Durante a entrevista ele falou várias coisas controversas, como ele decidiu investigar um repórter da Vanity Fair por não ter gostado do seu artigo, como ele recusou uma supermodelo que estava “implorando” por sexo por ela não ter compreendido o que a palavra “sodomia” significava. No entanto, seu maior erro foi falar sobre estatísticas do usuário, já que a empresa-mãe do Tinder, do site Match.com está prestes a apresentar um IPO, isto é, os resultados oficiais e é contra as regras da SEC que executivos façam declarações sobre negócios nas semanas anteriores a um depósito para os sócios.

Como resultado, o Match.com foi forçado a arquivar um documento suplementar aos seus sócios dizendo que “o Sr. Rad não é um diretor ou executivo da [Match.com] e não foi autorizado a fazer declarações em nome da empresa.” Eles acrescentaram que os comentários de Rad sobre o Tinder ter 80 milhões de usuários e 1,8 bilhão de “swipes” por dia eram “imprecisos”, e disse que na verdade eles tem “9,6 milhões de usuários ativos por dia, enquanto a média de “swipings” dos usuários do Tinder é de mais de 1,4 bilhões de Perfis por dia. “

A entrevista para Evening Standard alegadamente causou um atraso para a apresentação da IPO, mas não foi o suficiente para inviabilizá-la completamente. A Google teve que arquivar um documento semelhante à frente de seu IPO por causa de uma entrevista para Playboy com Sergey Brin e Larry Page em 2004, mas que não chegou a ferir o preço das ações. .

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *