Últimas

Chapa 3 da OAB-AL denuncia: “estão forjando pesquisas para enganar advogados”

A denúncia é feita pelos coordenadores de campanha da Chapa 3, Muda OAB: apesar de proibidas pelo regulamento da eleição, que acontece no próximo dia 18, pesquisas sobre o pleito estariam sendo divulgadas para influenciar os advogados.

Pelo menos duas pesquisas sobre as eleições da diretoria da OAB-Alagoas, supostamente contratada por veículos de comunicação impressa de Alagoas, foram divulgadas nos últimos sete dias.

Na avaliação do advogado Herman Braga, um dos coordenadores da Chapa 3, os resultados apresentados não apresentam a realidade.

“Estão jogando baixo e forjando pesquisas e indo de encontro ao regulamento da eleição que veda divulgação de pesquisas 15 dias antes da eleição”, desafa.

O quadro, avalia Braga, é diferente do que pintam: “Em verdade, o que há hoje  é 30% de indecisos.

“É estranho que essas pesquisas sejam realizadas por veículos que não tem essa tradição. Parece ser um movimento orquestrado para confundir”, desabafa.

Mesmo reconhecendo que a disputa está apertada, Heman acredita que o candidato da Chapa 3, Roberto Mendes, tem uma vantagem estratégica: “nossa chapa tem o menor índice de rejeição, o que  indica a possibilidade de receber um número maior de votos dos indecisos”.

Formato

Até o dia 18, quando será realizada a eleição, o candidato a presidente da Chapa 3, Roberto Mendes, promete manter o ritmo de campanha, sem atacar os adversários: “Nosso formato inovador de campanha, com seriedade, baixo custo mas com profissionalismo, sem ofensas e baixaria está sendo captado pela classe e há uma fortíssima tendência de os indecisos migrarem para nossa proposta, já que a rejeição dos outros 2 grupos é muito forte pelo formato de campanha e por terem apoiadores de muita rejeição”, avalia.

Roberto Mendes avalia que o quadro é favorável: “pelo que sabemos, existem duas chapadas empatadas no segundo lugar e diferença para o primeiro lugar é de apenas seis pontos. Estamos crescemos muito na reta final. Com a leveza de nossa campanha, baixa rejeição e o grande número de indecisos, podemos virar facilmente até quarta e ganhar”, acrescenta Herman Braga.

Por Assessoria

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *