Comparativo: Xperia Z3+ vs Xperia Z5

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Este é um comparativo que muitos de vocês estavam esperando, principalmente por conta do curtíssimo tempo que existe entre o lançamento do Xperia Z3+ e o Z5 – o intervalo entre um e outro foi de apenas quatro meses. Este tempo curto resulta em uma diferença bem pequena entre ambos os lados e quase que tudo igual do lado de dentro. Mas, de fato, o que muda no Z5 e que é melhor do que no Z3+? É o que vou tentar te contar.

Design

Por aqui você dificilmente notará quem é quem, a não ser que olhe na lateral onde estão os botões ou então na traseira. Tem outro ponto que pode diferenciar bem os aparelhos e ele está na traseira. Os dois contam com vidro atrás e na frente, com borda em metal e botões concentrados em apenas um dos lados. O que muda por aqui é a altura dos controles de volume e o botão liga/desliga, que deixou de ser um círculo pequeno e agora tem formato mais retangular e não é mais saltado para fora. O que motivou esta mudança é a presença de um leitor de impressões digitais, que é tão veloz e prático como os que estão nos aparelhos da Apple. A traseira continua em vidro, mas agora com textura mais áspera e que garante uma pegada mais confortável, enquanto possibilita seu uso sem a necessidade de ver marcas de dedos por todos os cantos – além de ter ficado bem mais bonito. Em dimensões pouco mudou, já que ambos estão com a mesma altura e largura, mudando apenas a espessura (0,4 milímetro mais grosso no Z5) e no peso (10 gramas mais pesado no aparelho mais recente). Ah, os dois podem mergulhar em água doce por até 30 minutos e em um metro de profundidade. Olhando para o vencedor, vejo o Z5 com seu material de melhor qualidade e a inserção de um leitor de impressões digitais.

Hardware

Neste quesito, em números os dois são idênticos. Ambos contam com um processador Qualcomm MSM8994 Snapdragon 810 que roda quatro núcleos em 1.5 GHz e outro quatro em 2 GHz, acompanhado por uma GPU Adreno 430 e 3 GB de memória RAM, além de apresentar 32 GB de memória interna e com o mesmo espaço livre para o usuário. Com estes dados, poderia garantir que o desempenho é 100% igual, não? Não! O Xperia Z5, mesmo que com exatamente os mesmos números de hardware que o Z3+, conseguiu abrir alguns aplicativos de forma mais rápida (diferença foi bem pequena, mas existiu) e, principalmente, ele esquenta muito menos e o calor finalmente é dissipado para outras áreas do smartphone. Isso significa que o processador esquentadinho que é o Snapdragon 810 foi “domado” e pode até filmar em 4K por mais tempo. Além de rodar jogos pesados por mais tempo, antes de reclamar de calor. Vencedor? Xperia Z5, principalmente pelo processador de cabeça menos quente.

Câmera

Este é um dos poucos pontos onde você encontra visível mudança, mas apenas nos números brutos. Agora o Z5 apresenta 23 megapixels, contra 20.7 megapixels do Z3+ e isso significa apenas, de verdade, uma foto maior. O resultado final é o mesmo, com ótima reprodução de cores para ambos os lados e habilidade muito boa para tirar fotos com baixas condições de luz. Outro ponto que muda está na interface, que é mais simples e amigável no Z5 do que no Z3+. Temos um empate técnico, já que os megapixels extras não fazem tanta diferença prática.

Conclusão

O Xperia Z5 foi uma evolução muito interessante do Xperia Z3+, mas focando quase que exclusivamente nos erros que a Sony cometeu neste ano. Ele foi lançado apenas quatro meses depois do Z3+ e com um preço bem mais salgado, mas prometendo melhorias em muitos pontos. Sim, ele vale a pena, mas apenas se você não tem um Xperia Z3+. Se você já tem, é melhor ficar com o aparelho por perto e aguardar novidades mais plausíveis para seu uso. A única mudança prática, de verdade, é que agora o Z5 não esquenta tanto.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *