Construção de maior telescópio do mundo começa no Chile

A última quarta-feira, 11, foi marcada pelo início da construção do Telescópio Gigante de Magalhães (GMT) no Chile. Três anos depois do início da preparação do terreno onde ele será localizado, finalmente os construtores receberam sinal verde para começarem a trabalhar.

Os países que contribuíram com fundos para esse projeto e doaram US$ 500 milhões foram os EUA, a Austrália, a Coreia e o Brasil. O GMT produzirá imagens até 10 vezes mais nítidas que o Telescópio Espacial Hubble e espera-se que ele ele ajude a responder perguntas importantes sobre cosmologia, astrofísica e estudo de planetas de fora do Sistema Solar.

O telescópio combinará sete espelhos, sendo que cada um tem 8,4 metros de largura, criando um telescópio efetivo de 25 metros de diâmetro. Um desses espelhos já foi polido para uma precisão de 25 nanômetros, e os próximos três já estão em progresso.

A organização espera começar a usar o telescópio com quatro dos espelhos em 2021. O Telescópio Gigante de Magalhães é apenas um dos telescópios enormes que estão sendo construídos ao redor do mundo. Outros deles são o Telescópio Europeu Extremamente Grande e o Telescópio Trinta Metros do Havaí.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *