Corpo de pernambucano morto no Peru chega ao Recife quarta-feira

José Marcelino seguia em um ônibus turístico que se chocou contra um caminhão. Foto: Facebook/Reprodução
José Marcelino seguia em um ônibus turístico que se chocou contra um caminhão. Foto: Facebook/Reprodução

Passados mais de 20 dias, está previsto para chegar no Recife no fim da manhã desta quarta-feira, o corpo do psicólogo pernambucano José Marcelino da Silva, morto no último dia três, em um acidente de ônibus em Abancay, no Peru. O corpo deixará o aeroporto de Lima, capital peruana, às 21h30 desta terça. 

O governo do estado e a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes chegaram a se comprometer a bancar os custos do transporte do corpo, mas a emprega de ônibus pela qual o pernambucano viajava acabou arcando com o valor. A mudança teria sido provocada pela demora do governo estadual de resolver a questão. Ainda não há maiores informações sobre o velório e o enterro, que devem acontecer em Jaboatão dos Guararapes. 

José Marcelino seguia em um ônibus turístico quando o veículo colidiu com um caminhão. Além do pernambucano, outras três pessoas morreram e 20 ficaram feridas. Após o choque com a carreta, o ônibus foi empurrado para um desfiladeiro e capotou. O psicólogo estava de férias em Lima.

O psicólogo morava em Jaboatão dos Guararapes e trabalhava na Clínica Social Libertas, com unidades nos bairros da Tamarineira e Macaxeira, no Recife. Ele conheceu o Peru durante uma Conferência Internacional de Análise Bioenergética, mas esta seria a primeira visita para turismo.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *