Últimas

Cruzeiro que sai de New Jersey é opção para quem não quer gastar muito

 (Ataíde Almeida Júnior/CB/D.A. Press)

Nova Jersey – Com a quantidade de passagens em promoção para Miami, Orlando e, principalmente, Nova York, é tentador fazer uma viagem para esses destinos, mesmo com o dólar tão alto. Se você comprou uma passagem e não quer gastar tanto com hotel, carro e compras, uma boa opção é fazer um cruzeiro. São diversas possibilidades, que podem ser compradas no Brasil, em reais, e divididas em suaves prestações.

Uma delas vai começar a jornada por meio do porto de New Jersey, a 30 minutos do centro de Nova York. O Anthem of the Seas, da empresa Royal Caribbean, vai fazer percursos pelas Bahamas, Jamaica, Haiti, Grand Cayman, México, Honduras, Porto Rico, St. Kitts, Barbados, Martinique e St. Maarten, com itinerários de sete a 12 noites. O que chama a atenção nesse cruzeiro, além dos destinos visitados, é a quantidade de atrações disponíveis no navio, considerado um dos mais tecnológicos do mundo.

 (Ataíde Almeida Júnior/CB/D.A. Press)

O navio – que pertence à classe Quantum, tem 2.090 cabines, sendo 1.571 com varanda, 148 externas, 375 com varandas virtuais (telões de 80 polegadas projetam o mar e fazem das paredes uma espécie de janela) e 34 acessíveis – tem internet de alta velocidade, inclusive em alto-mar (ao custo de US$ 15 por dia e para o primeiro aparelho – US$ 10 por dispositivo adicional), quatro áreas de entretenimento, 18 restaurantes, além de lojas e outras facilidades.

Há ainda atividades inéditas em navios, como o RipCord by iFLY, o primeiro simulador de paraquedismo em alto-mar que proporciona a oportunidade de experimentarem o esporte de forma segura e controlada; a North Star, uma espécie de grua que leva os hóspedes a mais de 90 metros de altura em uma cápsula de vidro que faz um passeio de 360º; e o Bionic Bar, um bar que conta com bartenders robóticos que preparam bebidas clássicas ou receitas inventadas pelos próprios hóspedes por meio de tablets.

 (Ataíde Almeida Júnior/CB/D.A. Press)

Para quem procura outro tipo de diversão, pode encontrá-la no SeaPlex, que traz carrinho de bate-bate, escola de circo com trapézio e patinação, ou o Music Hall, espaço onde os hóspedes podem curtir bandas, cantores, DJs, festas temáticas e bilhar, entre outros.

O Turismo explorou todas as áreas desse navio e conta nas próximas matérias o melhor e o pior dos cruzeiros. Para quem não aguenta esperar, basta entrar no site da empresa e fazer cotação dos preços para embarcar.

 (Ataíde Almeida Júnior/CB/D.A. Press)

O jornalista viajou a convite da Royal Caribbean

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *