Últimas

Dado Dolabella discute sobre feminismo com seguidores e diz que não se culpa mais por agressão a Luana: ‘Ela é baixa’

Era para ser apenas um post para falar sobre feminismo e veganismo, os assuntos preferidos de Dado Dolabella nos últimos meses. Mas na página do ator/cantor vegano no Facebook a coisa descambou e foi parar em Luana Piovani.

Para quem não se lembra, antes de pregar a paz mundial e a não violência contra animais e mulheres, Dado Dolabella e Luana Piovani terminaram o namoro pela segunda vez após uma bringa numa boate, em que ele a agrediu. Quase dez anos depois, o assunto ainda vem à tona.

E veio nos comentários de seguidores de Dado, que após lerem que ele defendia o feminismo e não o que ele chama de “mulherismo” citaram a treta com Piovani. “Já me arrependi há dez anos atrás e carreguei essa culpa bastante tempo… E hoje sei como as pessoas (principalmente a que me acusa de agressão) não enxergam além do próprio mundo… Por isso, essa culpa caiu… Quem planta ventania colhe tempestade”, escreveu Dado, que ainda postou um vídeo de Luana dando uma entrevista enquanto fumava um cigarro: “Com vocês a rainha do mulherismo. Não estou diminuindo. Ela já é baixa de natureza”.

A discussão entre Dado Dolabella e seus seguidores

A discussão entre Dado Dolabella e seus seguidores Foto: reprodução/ facebook

Em entrevista ao blog de Aguinaldo Silva, Luana chegou a falar sobre o arrependimento que tem de ter se relacionado com dado Dolabella. “Violência doméstica. Existe, mas muita gente tem vergonha de dizer. Tem vergonha de denunciar. E aí fica tudo isso por isso mesmo (…) Até a minha história de agressão física, onde fui vítima, eu não me arrependo. Porque eu aprendi com tudo o que passei. Mas, se eu pudesse voltar no tempo, não teria feito algumas coisas como por exemplo voltar para esse ex-namorado que me agrediu fisicamente”.

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *