Últimas

Dal Pozzo esquece polêmica sobre mudança do Náutico para o Arruda e garante foco só no CRB

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Técnico alvirrubro mostrou irritação ao ser perguntado sobre a polêmica envolvendo Náutico e Arena PE

A resolução da diretoria do Náutico em fazer a permuta do local do jogo com o Bahia, no próximo dia 21, da Arena Pernambuco para o Arruda acabou, por vezes, eclipsando o noticiário da semana sobre os preparativos do time para a partida contra o CRB, marcada para este sábado, o último do ano no estádio em São Lourenço da Mata. O técnico Gilmar Dal Pozzo, no entanto, garante que o foco do grupo alvirrubro, pelo menos, está todo voltado para o duelo frente à equipe alagoana, que tem contornos de decisão.

Saiba mais

Depois de direção ter proibido os jogadores a comentarem abertamente sobre a mudança para o Arruda na próxima rodada, Dal Pozzo fez questão de falar que ninguém no Náutico está mesmo pensando na polêmica sobre o rompimento do clube com a Arena Pernambuco. Rechaçou também que exista já algum pensamento do time em relação ao Bahia, ainda concorrente do Timbu pelo acesso. Chegou a ser ríspido ao ser abordado sobre os temas em coletiva de imprensa.

“Não tem nada de Bahia. Não tem nada de Bahia”, enfatizou. “Falar em Bahia é um desrespeito em relação ao CRB. Nós estamos pensando no CRB. Não tem nada de tumulto (sobre a troca da Arena pelo Arruda). Quem está fazendo tumulto são as pessoas de fora. Aqui dentro está todo mundo blindado para o jogo do CRB, que é uma decisão para nós”, completou.

Dal Pozzo fala até que nenhum fator extreno, como os resultados dos outros concorrentes pelo acesso, serão capazes de influenciar os seus comandados. “O meu foco é aqui no dia a dia. Quando eu fico focado e quando os meus atletas estão focados, o que acontece lá fora a gente não se importa.”

Sem espaço para derrota
Segundo Dal Pozzo, aliás, uma vitória contra o CRB é imprescindível para o Timbu a três rodadas do fim da Segundona. “Está em jogo o trabalho de um ano no Náutico.” Vai, inclusive, mais além em sua análise. “A gente tem consciência que, se não vencer a partida, praticamente abandona o nosso sonho de subir”, afirmou o treinador.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *