Dell prepara correção para falha que afetava segurança dos seus computadores

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O mercado de computadores está em queda há algum tempo, a ascensão dos dispositivos móveis é um dos culpados por isso e talvez seja por esse motivo que algumas das fabricantes não tenham se preocupado tanto com suas máquinas. Há pouco foi revelado que os dispositivos estão vulneráveis a indivíduos maliciosos; foi encontrada uma falha que permite que dados pessoais dos usuários sejam roubados.

Porém, infelizmente isso não continuará por muito tempo. A Dell anunciou que está preparando uma atualização para corrigir a segurança desses computadores. A correção será para alguns computadores que vieram com seu sistema pré-instalado, só que eles vieram com um problema no certificado de raiz.

Foi o programador Joe Nord que percebeu a falha em alguns notebooks da Dell, incluindo o Inspiron 5000 Series e XPS 15. O profissional percebeu que ambos os dispositivos estavam com a falha, que permite indivíduos maliciosos acessarem os dados pessoais dos usuários.

“Hoje, tornamo-nos ciente de que um certificado (eDellRoot), instalado pelo nosso aplicativo de Serviços da Fundação Dell em nossos computadores, sem querer introduziu uma vulnerabilidade de segurança. O certificado foi implementada como parte de uma ferramenta de apoio e destina-se a torná-lo mais rápido e mais fácil para os nossos clientes para atender seu sistema. Segurança e privacidade dos nossos clientes é uma das principais preocupações e prioridade para a Dell; lamentamos profundamente que isso tenha acontecido e estamos a tomar medidas para lidar com isso”, a companhia publicou em comunicado.

A falha é bastante semelhante ao que aconteceu aos computadores da Lenovo há algum tempo, mas que também já foi corrigido. Os usuários de notebooks da Dell podem se despreocupar que a falha em breve não será mais uma preocupação para a segurança.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *